Dona da Rockstargames, a Take-Two deu um passo enorme para expandir seus negócios voltados para o universo dos videogames. Na última segunda-feira (10), a gigante anunciou um acordo para a aquisição da Zynga, desenvolvedora de jogos mobile, em uma operação que beira os US$ 12,7 bilhões.

Take-Two e a expansão para o mobile

Segundo o comunicado divulgado, o acordo fará com que a Take-Two compre todas as ações em circulação da Zynga por um valor total de US$ 9,86 por ação — deste montante, US$ 3,50 serão em dinheiro e US$ 6,36 serão em ações ordinárias. Os valores representam 64% em relação ao preço de fechamento dos papéis em 7 de janeiro de 2022.

Se a aquisição for confirmada, a medida deve unificar “dois líderes globais no negócio de entretenimento interativo” e criar uma das maiores empresas (de capital aberto) do mundo no segmento. Além disso, o negócio pode solidificar a união de “uma das maiores e mais diversificadas editoras de jogos para celular do setor”.

“Estamos entusiasmados em anunciar nossa transação transformadora com a Zynga, que diversifica significativamente nossos negócios e estabelece nossa posição de liderança em dispositivos móveis, o segmento de crescimento mais rápido da indústria de entretenimento interativo”, celebrou Strauss Zelnick, presidente e CEO da Take-Two. “Esta combinação estratégica reúne nossas franquias de consoles e PC de primeira classe, com uma plataforma de publicação móvel diversificada e líder de mercado que tem um rico histórico de inovação e criatividade”, completou.

Mudanças programadas

Com a operação, espera-se que a equipe de gerenciamento da Take-Two siga na liderança da empresa combinada, com a permanência de Zelnick como presidente e CEO. A companhia, no entanto, deverá expandir seu conselho de administração para 10 membros e dois deles serão do conselho da Zynga.

Já Frank Gibeau, CEO da Zynga, ficará responsável por conduzir a direção estratégica dos esforços móveis da dona de GTA, Red Dead Redemption e companhia. Ele também será encarregado de supervisionar a integração e operações dos negócios combinados entre Zynga e T2 Mobile Game, que vão operar sob a marca da Zynga.

Vale frisar que o negócio ainda não foi concluído. A Zynga terá 45 dias para avaliar outras propostas de outros players. No entanto, se tudo correr conforme o planejado, a expectativa é de que o negócio com a Take-Two seja concluído durante o primeiro trimestre do ano fiscal de 2023.

Via: Game Developer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *