Aparentemente, os adeptos da criptomoeda baseada em “Round 6” não tiveram direito a nem uma única rodada para aprenderem as regras do jogo antes de serem eliminados. Isso porque os criadores da Squid Game (SQUID) simplesmente deram o famoso golpe e sumiram com o dinheiro de todo mundo.

O token foi lançado em outubro aproveitando-se do sucesso da série da Netflix, valorizou rapidamente – cerca de 310.000% em apenas alguns dias – e pode ter rendido mais de US$ 3 milhões aos autores da falcatrua.

Rodada finalizada em Squid Game

Segundo especialistas, o que a turma por trás da Squid Game fez foi o chamado “rug pull” (“puxada de tapete”), que é quando os criadores de criptomoedas convertem todos os tokens em dinheiro real e desaparecem, desvalorizando o produto digital.

No caso do ativo baseado em “Round 6″, seu valor passou de cerca de US$ 2,8 mil para nada menos do que zero dólares. A ação rápida pode ter resultado em um lucro estimado de US$ 3,38 milhões aos criminosos, que deletaram as páginas e contas de redes sociais associadas ao “projeto”.

FC1sb EVcAYV4qn 1

De acordo com o site Engadget, desde que a Squid Game tinha surgido havia diversos indícios de que se tratava de um golpe. Os sinais iam desde a promessa de dinheiro fácil e diversos erros gramaticais nas publicações relacionadas à criptomoeda até a regra que impossibilitava a venda do token até segunda ordem.

Por que tantas pessoas caíram em algo assim? Basicamente, para tentar maximizar seus ganhos. No mundo das moedas digitais, os investidores iniciais conseguem lucrar bem mais que os tardios, o que faz com que descobrir novos tokens seja sempre uma aposta calculada.

Além disso, outras criptomoedas que pareciam de “zoeira” acabaram dando certo e renderam uma boa grana a seus usuários, como a icônica Dogecoin e, mais recentemente, a Shiba Inu – ambas baseadas em cãezinhos japoneses.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *