Lançado originalmente em novembro de 2011, The Elder Scrolls V: Skyrim recebeu ports, atualizações e remasters para diferentes plataformas ao longo dos anos. Agora, no entanto, uma edição especial de aniversário pode estragar tudo para uma comunidade bem apaixonada: a cena modder.

Trazendo uma série de novidades para o game, Skyrim Anniversary Edition aprimora a jogatina da campanha original e, de quebra, chega de fábrica com 74 mods únicos. O problema é que as mudanças são tantas que podem quebrar as modificações já existentes – incluindo aquelas mais populares.

O aniversário é do Skyrim, mas quem perde é você

Em uma discussão da comunidade no Reddit, alguns usuários alertam para o impacto que a nova atualização do game da Bethesda pode ter nos mods. “A Anniversary Edition vai ser bem mais disruptiva para a cena modder do que se imagina. Faça backup dos seus executáveis agora e desabilite as atualizações na Steam“, explica o redditor “extrwi”.

A última parte do alerta explica parte do problema, aliás. Isso porque a edição de aniversário do jogo deve chegar como um update gratuito e automático para todos os jogadores que já possuem a Special Edition do título na plataforma da Valve. Ou seja, muita gente vai ser migrada de versão e perder acesso aos mods sem perceber.

Além disso, segundo “extrwi”, Skyrim Anniversary Edition atualiza o compilador do jogo do Visual Studio 2015 para a versão 2019. O resultado é que isso muda drasticamente a forma como os códigos interagem com o jogo e vai obrigar os modders a descobrir como acessar cada função necessária para o funcionamento de seus mods praticamente do zero.

Como se isso não bastasse, o internauta levanta a bola de que autores por trás de mods mais populares podem ter ainda mais trabalho pela frente. Afinal, eles podem ter que manter duas versões das modificações ativas e sempre atualizadas, uma para o jogo “tradicional” e outra para a edição de aniversário.

Fonte: USA Today

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *