Uma pesquisa realizada entre trabalhadores nos EUA mostrou que a maioria esquece suas senhas. Pior ainda: o esquecimento faz com que os funcionários fiquem sem acesso aos seus computadores, dispositivos e aplicativos por um mínimo de 5 horas.

Partindo desse princípio, a proposta da pesquisa da Axiad, que trabalha com soluções de autenticação sem senhas, é de que líderes de TI vejam a necessidade de segurança de modo mais holístico, usando autenticação multi-fatores (MFA) e credenciais em nuvem.

O comportamento dos usuários

A pesquisa Axiad Fall 2021 Passwords & Productivity Survey trouxe análises de comportamento e observação do uso de credenciais por profissionais. Foram analisadas respostas de 2 mil integrantes de escritórios nos EUA com o objetivo de identificar como o gerenciamento de autenticação impacta na produtividade. Os resultados são:

  • 60% admitem que o processo de autenticação impediu de realizar o trabalho;
  • 59% tiveram que buscar o suporte de TI na empresa pois estavam sem acesso ao computador, com quase a metade (48%) dizendo que ficaram fora de aplicativos de comunicação e produtividade como o Slack;
  • Quase a metade dos entrevistados (48%) esqueceram seus logins alguma vez;
  • Em média, demora quase 5 horas (4 horas e 43 minutos) para resolver problemas de autenticação no trabalho, com 15% admitindo que leva mais de 9 horas para uma solução;
  • Apesar de 67% dos entrevistados conhecerem a autenticação multi-fatorial, 46% disseram que seus departamentos de TI pedem que utilizem apenas senhas.
senha

Imagem: Old Money on Unsplash

Muita gente detesta senhas

“As frustrações são altas quando tantos problemas de autenticação baseada em senhas impedem funcionários de fazer seu trabalho. Líderes de TI podem e devem tomar a iniciativa de abandonar as senhas a favor da transição para uma autenticação sem senha baseada no usuário que reduz essas frustrações”, afirmou Bassam Al-Khalidi, co-CEO e cofundador da Axiad, ao TechRadar.

De acordo com a mesma pesquisa, os maiores desafios no uso de senhas são:

  • 63% dos entrevistados acham que senhas são um problema;
  • 43% dos profissionais dizem que as credenciais são um obstáculo e 35% acham que são um risco de segurança;
  • 46% acham que logins são um teste difícil de memória;
  • 45% acham que criar senhas é frustrante, e 35% dizem que criá-las é estressante pois demora até encontrar uma forte o suficiente.

“Além de múltiplas senhas, soluções variadas de MFA podem ser desafiadoras para os usuários gerenciarem. Se há um problema com um dispositivo ou aplicativo de autenticação, os usuários precisam saber como consertá-lo. Esses novos métodos de autenticação não terão sucesso a não ser que a solução coloque os funcionários como protagonistas e simplifique as experiências de login”, disse Al-Khalidi.

No Brasil, ainda é bastante incomum encontrar dispositivos de autenticação multi-fatorial (como pen drives e dispositivos NFC como a Yubikey). Felizmente, alguns desses dispositivos já começam a serem encontrados no varejo online brasileiro.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *