Space Invaders foi criado em 1978 e conquistou o coração de jogadores de diversas gerações; fez história e é um marco no mundo dos games. O que talvez nem todos saibam é que boa parte do sucesso do jogo está relacionado ao som… o tamborilar dos invasores do espaço.

Para se ter uma ideia do sucesso, no Japão, onde Space Invaders foi criado pela Taito Inc., rumores indicam que o governo japonês enfrentou uma crise de escassez de moedas de tanto que as pessoas estavam viciadas e alucinadas pelo jogo.

Mas a verdade é que ninguém sabe dizer ao certo porque Space Invaders conquistou tantos fãs em todo o mundo. Resta especular. Será que era a marcha imprevisível dos alienígenas? Ou o fato de o jogo não lidar com “sorte”?

Space Invaders

Há quem acredita que o sucesso de Space Invaders está diretamente relacionado a ser um dos primeiros jogos com um “personagem” – um terráqueo solitário cercado por ETs invasores que se aproximam e ameaçam sua existência.

Mas o que nenhum bom conhecedor do título discorda é em relação ao som de Space Invaders. Quanto mais alienígenas um jogador destruía, mais rápido eles se aproximavam e a batida do som acelerava; com ela, a tensão e até os batimentos cardíacos dos jogadores.

Acidente de percurso

Ironicamente, segundo Bill Adams, diretor de desenvolvimento de jogos da Midway Manufacturing Co., de Chicago, nos Estados Unidos, que licenciou Space Invaders para venda na América, essas características do jogo foram um mero “acidente”.

“A aceleração dos invasores espaciais era apenas uma função da maneira como a máquina funcionava”, explica Adams. “O hardware tinha uma limitação – ele só conseguia mover 24 objetos com eficiência. Uma vez que alguns dos invasores eram baleados, o hardware não tinha tantos objetos para mover, e os invasores restantes aceleraram. E o designer emitia um som sempre que os invasores se moviam, então, quando eles aceleravam, o tom também acelerava”.

Acidente ou não, deu certo – muito certo.

Via: IEEE Spectrum

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.