Imagem: reprodução/Netflix

Na última sexta-feira, 25 de fevereiro, um assalto a um set de filmagens da Netflix onde estava sendo gravado cenas para o seriado Lupin resultou no prejuízo de 300 mil euros (cerca de US$ 333 mil, na cotação atual) em equipamentos. As filmagens estavam em andamento no momento do roubo e tiveram de ser paralisadas por alguns dias.

Segundo informações obtidas pela publicação Variety, o assalto ocorreu no set montado no bairro de Nanterre, nos arredores de Paris. Ali a equipe do streaming estava rodando as filmagens, retomadas na segunda-feira, 28 de fevereiro, após uma breve pausa para restabelecer os equipamentos (e os ânimos).

De acordo com a agência de notícias AFP, 20 indivíduos encapuzados invadiram as filmagens, depois de lançar fogos de artifício. “Nosso elenco e equipe estão seguros e não houve feridos”, informou a Netflix à Variety. As autoridades de Nanterre iniciaram uma investigação sobre o caso.

A série francesa, ironicamente, conta a história de um especialista em roubos e a equipe estava gravando a parte 3 da história, que teve sua primeira estreia em janeiro de 2021 e logo registrou um grande sucesso, sendo o segundo programa de maior sucesso internacional da Netflix, atrás apenas do sul-coreano Round 6.

Omar Sy, que dá vida ao protagonista Assane Diop, estava no momento do roubo e apenas algumas horas depois do ocorrido ele estava se apresentando no palco do Cesar Awards, em comemoração ao 10º aniversário da comédia de Intouchables, que lhe rendeu um prêmio Cesar de melhor ator.

Este é o segundo roubo em um set de gravações da Netflix em uma semana. No último dia 24 de fevereiro, outro set foi impactado por um assalto: o da série The Crown. Na ocasião, os ladrões levaram mais de US$ 200 mil em adereços.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.