Age of Empires é uma das franquias de jogos de estratégia mais populares desde a década de 90, mas que ficou um bom tempo sem ver novos títulos, isso se não forem contadas as remasterizações. Já em 2021, finalmente, o Age of Empires IV é lançado com direito a uma grande campanha e partidas multiplayer, algo que sempre marcou a série.

O TecMaster recebeu uma cópia do jogo para PC e após poder curti-lo bastante, conta o que achou do Age of Empires IV neste review. Confira!

Uma campanha extraordinária

Assim como seus antecessores, Age of Empires IV oferece uma campanha vasta, que tenta se manter fiel a acontecimentos históricos, e que não conta a história de apenas um povo ou civilização. Desta forma, é possível dividir a campanha em 4 partes, sendo estas:

  • Os Normandos – conta histórias sobre a Inglaterra;
  • A Guerra dos Cem Anos – conta histórias de guerras entre a Inglaterra e França;
  • O Império Mongol – história de guerras que dizem respeito a regiões da Rússia e Ucrânia;
  • A Ascensão de Moscou – história sobre os reinados na Rússia.

A apresentação da campanha do título é bem agradável. Diferente dos títulos anteriores que se focaram apenas em animações mais simples, Age of Empires IV vem recheado de vídeos, que mostram os “palcos de guerra” com pequenos “rabiscos” de como tudo teria acontecido.

Age of Empires IV- História sendo contada

Em relação aos objetivos que devem ser cumpridos para passar pelos atos, nada mudou muito na série. Os jogadores devem, como sempre, gerenciar seus recursos e defender ou atacar seus inimigos até que o objetivo principal seja alcançado, que pode variar entre capturar um rei, destruir uma cidade e afins.

Age of Empires IV - exemplo de objetivos

Apesar de não entrar em muitos detalhes, todas as histórias contadas agradam e os objetivos vistos na campanha são condizentes com o que ocorreu. Já o tempo para fechar cada campanha acaba variando, mas o título pode ser zerado em aproximadamente 20 horas, o que pode variar de acordo com o nível de dificuldade escolhido.

A jogabilidade de Age of Empires IV é uma “velha conhecida”

Mesmo após tantos anos, Age of Empires IV traz uma jogabilidade que é praticamente idêntica à que vimos em seus antecessores. Apesar de tal ponto poder soar como uma crítica, a decisão da Microsoft acabou sendo certeira desta vez.

Como mencionado anteriormente de forma mais simples, o título não inova na questão de objetivos e até mesmo a sua interface acaba lembrando a de seus antecessores. Nas missões, os jogadores devem construir a sua base e, como sempre, devem ficar de olho nos recursos que estão sendo obtidos para poder criar suas unidades, sejam para guerra ou para se desenvolver.

Age of Empires IV - cidade

Ao partir para o combate, entretanto, nem mesmo nos níveis mais fáceis os jogadores terão uma vida “verdadeiramente fácil”. Admito que estava um pouco desacostumado com a franquia, uma vez que não jogava há mesma por muito tempo, mas os jogadores precisarão de um bom “micro” para suceder.

Em Age of Empires IV, independentemente de estar na fase de ataque ou defesa, os jogadores precisam definir corretamente qual será a formação usada por suas tropas. Não somente isso, é necessário direcionar bem quais unidades atacarão determinados tipos de inimigos, caso contrário, as tropas serão eliminadas de forma bem rápida.

Age of Empires IV - Tropa em combate

Já em relação ao “macro”, Age of Empires IV não traz tantas estruturas novas ou demais novidades em como a sua cidade será evoluída. Por sua vez, algo positivo, são os atalhos que facilitam o gerenciamento de estruturas do mesmo tipo e que ajudam os jogadores a criar mais tropas podendo se focar em outras atividades.

Apesar de tudo funcionar muito bem, Age of Empires ainda sofre com alguns pequenos problemas, como o que vimos até mesmo em seus antecessores, de movimentação das tropas. Por vezes, mesmo ao mandar unidades atacarem determinado local, a ação não era exatamente obedecida e a movimentação de uma grande tropa nem sempre escolhe o melhor caminho.

Modo online competitivo

Como não poderia ser diferente, além de trazer uma campanha bem vasta, Age of Empires IV também traz um modo multiplayer competente e com servidores são localizados, ou seja, nada de partidas com pings altos.

As partidas online podem ser disputadas em combates 1v1, 2v2, 3v3 e 4v4. Como de costume, diferente dos atos da campanha, esses jogos podem levar bastante tempo para serem finalizados, mas é um dos pontos altos do título.Além das partidas “comuns”, o jogo ainda traz um modo competitivo.

Conclusão

Age of Empires IV traz uma campanha, que pode prender os jogadores por muitas horas. Não apenas isso, o modo multiplayer do título, apesar de não ser tão refinado, promete manter uma boa competição para os jogadores.

Na parte gráfica, o Age of Empires IV não chega a surpreender, mas os seus gráficos são competentes e bons o suficiente para um título de estratégia em tempo real.

Por fim, vale notar, o jogo não inova muito se comparado aos seus antecessores, mas isso não ofusca nem um pouco a sua qualidade e o título se mostra um dos melhores do gênero visto em anos.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *