Não é só pelos seus poderosos – e populares – chips para celular que a Qualcomm quer ficar conhecida. Tudo indica que a próxima geração de seus processadores para PC podem não só elevar a barra de desempenho nos computadores com Windows, mas também bater de frente com a família M1 da Apple.

Quem falou sobre o plano ousado da companhia nos desktops foi seu diretor de tecnologia James Thompson, que apresentou um trecho dedicado ao futuro da marca em seu evento para investidores.

Qualcomm de olho nos PCs

Segundo o executivo, as primeiras máquinas com essa nova CPU embarcada devem chegar em algum ponto de 2023. Apesar disso, a ideia é que versões prévias do hardware sejam disponibilizadas para os consumidores 9 meses antes desse lançamento geral.

A promessa da Qualcomm é mostrar que a Apple não está sozinha na hora de enfrentar Intel e AMD no mercado de processadores para PCs, e entregar um desempenho tão bom quanto o dos chips M1 top de linha – focando ainda mais no equilíbrio entre poder de fogo e eficiência energética.

Image from iOS 1 1

Imagem: Reprodução/The Verge

O mais interessante nessa comparação com a Empresa da Maçã é que o time que está trabalhando nessa CPU conta com ex-engenheiros da própria Apple. São profissionais que contribuíram com o desenvolvimento dos chips da série A e que, posteriormente, fundaram a Nuvia, adquirida pela Qualcomm no início deste ano por US$ 1,4 bilhão.

Vale lembrar que a dona da marca Snapdragon já se aventurou pelos computadores no passado, com uma linha exclusiva para os dispositivos Surface X, da Microsoft. Agora é torcer para que a nova empreitada seja mais frutífera e entregue o que promete.

Fonte: The Verge

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *