Na semana passada, vazamentos sugeriam que a Qualcomm estava planejando rebatizar sua linha de chipsets Snapdragon. Já nesta segunda (22), a fabricante de componentes não só confirmou a especulação, como anunciou grandes mudanças para os rumos de sua marca.

Mudanças na linha Snapdragon da Qualcomm

A primeira das mudanças será no âmbito corporativo. Snapdragon agora será uma marca autônoma, separada do rótulo Qualcomm. Isso, de certa forma, já estava acontecendo desde o começo do ano, uma vez que o Snapdragon 888 Plus já não trazia o nome da fabricante.

No entanto, a maior mudança será na nomenclatura dos chipsets. Durante anos, a companhia rotulou seus chips com três dígitos: o primeiro para informar a potência, o segundo que indicava as gerações anuais e um terceiro para indicar atualizações menores.

O único problema é que além de ser algo confuso, a Qualcomm começou a ficar sem opções para seu esquema de nomenclatura. A linha da série 8, por exemplo, atingiu o número 888 no ano passado, enquanto a série 7 já está no 780.

Com isso, a empresa deve alterar esse modelo para uma série composta por um dígito e um número de geração — algo que já é visto nos processadores de PC. Logo, a expectativa é de que o próximo SoC, atualmente conhecido como “Snapdragon 898”, receba o nome de “Snapdragon 8 Gen 1”.

Outras mudanças anunciadas incluem a adição de novas cores de chips (Midnight, Gunmetal, Nickel, Snapdragon Red e Gold), emblemas redesenhados, retirada do termo “5G” nas nomenclaturas dos chips e associação do portfolio gold aos produtos de nível premium.

Infelizmente, não há mais detalhes sobre como será o funcionamento da nova marca Snapdragon. Contudo, é provável que novas informações sejam divulgadas no Snapdragon Tech Summit, que acontecerá entre os dias 30 de novembro e 1º de dezembro.

Fonte: The Verge

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *