Na próxima semana, alguns aparelhos mais antigos, como modelos de Mac, iPhones, PlayStation 3, Smart TVs, decodificadores e até alguns modelos de PS4 podem simplesmente perder conexão com a internet – isso mesmo, offline para sempre.

A gente explica: um certificado digital amplamente usado para verificar conexões seguras com a internet, chamado DST Root CA X3, expira no dia 30 de setembro. Em muitos casos, aparelhos antigos não serão capazes de serem atualizados para receber novos certificados; é aí que mora o problema.

Como resultado, algumas tarefas que requerem conexões com a internet, como acessar serviços de streaming e sites, podem não funcionar se o aparelho permanecer com o certificado antigo.

Esse certificado é importante porque é a forma dos dispositivos validarem que os utilizadores estão navegando por um endereço seguro e não um site fraudulento.

Como manter o acesso à internet

Calma, nem tudo está perdido. Para dispositivos Android, felizmente, já existe uma atualização disponível que promete manter o funcionamento de aparelhos com o Android 2.3.6 Gingerbread até setembro de 2024.

No entanto, essa solução não ajuda alguns outros dispositivos, como Macs executando o macOS 10.12.0 ou anterior, iPhones e iPads executando iOS 9 ou anterior, consoles PlayStation 4 com versões de firmware anteriores a 5.00 e PCs antigos com Windows XP com Service Pack 2 ou anterior.

Acesso à internet

Foto: Mudassar Lqbal/Pixabay

Todos esses aparelhos provavelmente serão afetados de alguma forma após 30 de setembro. Por isso, a recomendação é que, caso se tenha algum desses aparelhos, procure por atualizações ainda nesta semana.

O PlayStation 3 é um caso delicado. Ainda não se sabe se o console de fato pode ter uma solução para o problema. Em junho de 2021, a Sony lançou uma atualização para o videogame, identificada como 4.88. Ninguém sabe ao certo o que o update faz, mas a empresa afirma que traz “recursos adicionais, usabilidade aprimorada e mais segurança”. Tomara que mantenha a conectividade também…

Firefox pode ser a salvação

Para Mac, PCs ou iPhones que não têm mais atualizações, é possível instalar o Firefox caso o acesso à internet nesses aparelhos seja necessário. Isso porque o navegador não depende do sistema operacional do dispositivo para verificar certificados de segurança, ele tem seus próprios.

Outros aparelhos, como geladeiras, TVs e roteadores, é difícil dizer o que pode acontecer, principalmente quando o dispositivo nunca recebeu uma atualização. É possível que muitos desses equipamentos lançados antes de 2017 sejam mesmo afetados.

Surgimento do certificado DST Root CA X3

O DST Root CA X3 é o que chamamos certificado raiz. É basicamente a espinha dorsal das conexões criptografadas. Ele funciona como uma autoridade de confiança final para verificações de segurança. Por conta disso, pode ser usado por vários anos. Mas, sim, eles eventualmente expiram.

A importância desse certificado em específico é muito grande, já que ele também “cruza” com outro, que é amplamente usado, conhecido como ISRG Root X1. Isso aconteceu porque a autoridade emissora do X1, a Let’s Encrypt, não era conhecida quando surgiu em 2015, fazendo com que o DST Root CA X3 assumisse a responsabilidade pela novidade.

Internet

Foto: Gerd Altmann/Pixabay

O problema é que, após 30 de setembro e a expiração do certificado raiz, os aparelhos que usam o ISRG Root X1 podem “deixar de confiar” na tecnologia.

Há muitos outros certificados raiz válidos na internet e a maioria dos dispositivos e navegadores suportam pelo menos algumas dezenas. Por isso, pode ser que alguns aparelhos que usam certificados de servidor individuais, e que não levem de volta para o ISRG Root X1 ou DST Root CA X3, não sejam afetados e continuem navegando na internet.

Via: Tom’s Guide

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *