Na semana passada, a franquia God of War venceu o título de melhor jogo de todos os tempos da IGN, provando o sucesso da série ao longo dos anos. A história, no entanto, poderia ser bem diferente se a ideia inicial de deixar o game em primeira pessoa fosse adiante.

Calma que você não leu errado: o primeiro God of War, lançado em 2005 para PlayStation 2, foi cogitado para ser em primeira pessoa. A informação foi revelada pelo diretor do primeiro título da franquia, David Jaffe.

No vídeo, Jaffe conta que a ideia era eliminar um dos problemas latentes em jogos de ação em terceira pessoa: a perda de controle do personagem diante de uma multidão de inimigos.

A principal inspiração para esse projeto, que chegou a ser tocado por quatro meses, veio do jogo Maken X, do Dreamcast. Embora o ex-diretor admita que o título não era o melhor jogo do mundo, apresentava um combate corpo a corpo bem feito e que poderia servir de base.

“Achei que seria uma forma muito legal de nos diferenciarmos. Mas acho que, no final das contas, ficou difícil conseguir o tipo de emoção, combate e construção de personagem que eu esperava”, revelou Jaffe.

Jogo Maken X

Reprodução: Maken X

God of War em 1ª pessoa? Ficou no quase

Ainda segundo Jaffe, a decisão do estúdio Santa Monica em tornar o primeiro jogo de God of War uma experiência em terceira pessoa deu-se após a equipe visualizar as gameplays de Ico e da demo de Devil May Cry durante uma conferência da DICE em Las Vegas.

Para solucionar o problema com a perda de controle do personagem, os desenvolvedores se inspiraram no título Shinobi. A ideia é que as icônicas Lâminas de Atena de Kratos acompanhassem o protagonista enquanto ele destruía seus inimigos, um a um. Deu certo.

Imagens do primeiro título de God of War

Reprodução: God of War

Jaffe também admitiu que não sabia se a ideia de um God of War em primeira pessoa duraria muito tempo, uma vez que o projeto teria de ser apresentado à Tim Moss, o principal programador do estúdio Santa Monica.

No fim das contas, tudo deu certo. O jogo em primeira pessoa limitaria todo o sistema de combate característico do game e talvez não fosse bem aceito pelos fãs. Obrigado, Ico e Devil May Cry.

Fonte: Kotaku

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *