Imagem: Nvidia

Atenção, atenção: os preços de GPUs aparentemente estão caindo. Embora o iminente encarecimento de chips da TSMC ainda atormente o mercado, ao menos por ora, o segmento de placas de vídeo parece observar um cenário um pouco melhor, com mais oferta e custos mais baixos.

A informação vem do canal GPU HardwareUnboxed, que tem monitorado os preços dos componentes há cerca de um ano. A primeira boa notícia é que a disponibilidade de GPUs está muito mais saudável em março. Inclusive, uma listagem da Newegg mostra diversas placas em estoque no mercados dos EUA.

Já a segunda “boa nova” mexe com o bolso do consumidor. Um compilado baseado em preços do eBay mostra que as placas de vídeo também estão mais baratas neste mês. Preços de itens de Nvidia e AMD apresentam quedas (em média) de 10% e 13%, respectivamente, em comparação com os números de fevereiro.

Preços GPUs Nvidia

Imagem: Reprodução/HardwareUnboxed

Preços GPUs AMD

Imagem: Reprodução/HardwareUnboxed

Embora exista uma expectativa de novas baixas nas próximas semanas, é preciso lembrar que os valores ainda estão longe dos preços de varejo sugeridos. A inflação ainda fica acima da casa dos 30%, mas nada comparado ao dobro do preço como reportado no fim do ano passado.

GPUs preços

Imagem: Reprodução/HardwareUnboxed

Baixa das GPUs pode durar pouco

A notícia deve sim ser comemorada, mas talvez em um prazo determinado. Isso porque segundo a DigiTimes, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) vai aumentar o valor de seus chips para as grandes marcas em até 20%. A medida, que já teria sido informada aos cliente, deve acontecer no 3º trimestre deste ano.

Claro que muita coisa ainda pode rolar até a data e até mesmo o lançamento de novas placas por Nvidia, AMD e Intel podem baratear produtos mais antigos. Mas se isso for confirmado, essa alta será repassada para os consumidores finais por meio de CPUs e GPUs mais caras.

Logo, este pode ser um bom período para aquisições de placas. É possível que elas baixem novamente em abril? Sim. Mas também é possível que algum outro fator (assim como foi a invasão à Ucrânia) eleve os preços. E com tantas incertezas, fica difícil uma previsão mais assertiva.

Via: VideoCardz

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.