Em abril, a Apple lançou a nova versão do sistema operacional iOS com controles de privacidade para limitar o rastreamento dos usuários de iPhone por aplicativos de terceiros. Na Polônia, essa atualização e regras estabelecidas para processamento de dados pessoais deve enfrentar uma investigação antitruste, segundo informações da Reuters nesta segunda-feira (13).

iOS 15

Imagem: Apple

O ponto central questionado pelos reguladores poloneses antimonopólio é se a redução na capacidade dos aplicativos de terceiros de obterem dados pessoais para enviarem anúncios personalizados estaria, de alguma forma, dando à companhia mais poder de mercado. “Queremos examinar se as ações da Apple podem ser destinadas a eliminar concorrentes no mercado de serviços de publicidade personalizada, sendo o objetivo vender melhor seu próprio serviço”, declarou o presidente do UOKiK, Tomasz Chrostny. “Investigaremos se este é um caso de abuso de poder de mercado excludente”.

Apesar de investigar a questão, procedimentos não são dirigidos contra a empresa, segundo Chrostny. “Investigaremos se este é um caso de abuso de poder de mercado excludente”.

Polônia investiga limitação de rastreamento nas políticas de privacidade da Apple

Imagem: Apple/Reprodução

Além da ação na Polônia, Margrethe Vestager, chefe de tecnologia da União Europeia, advertiu a empresa de Cupertino sobre evitar concorrência na loja oficial utilizando-se da privacidade e preocupações de segurança.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *