Longe dos grandes escândalos que afetam outras redes sociais e queridinho tanto do público quanto da imprensa, o Pinterest vive um momento e tanto. A maré da empresa é tão boa que tem atraído interessados pelo negócio. Esse é o caso do PayPal, que pode ter dado um lance de US$ 45 bilhões para arrematar a plataforma.

Segundo a Reuters, a possível aquisição pela firma de pagamentos digitais faz parte de um movimento crescente da audiência online, que cada vez mais compra itens vistos em redes sociais ou compartilhados por influenciadores.

Com o Pinterest sendo uma rede especialmente inspiracional, na qual seus usuários estocam referências e, muitas vezes, agrupam produtos e ideias “dos sonhos”, é de se imaginar que um sistema mais aprimorado de monetização possa gerar ótimos resultados ao PayPal.

Pinterest by PayPal?

Por enquanto, não há nada fechado e os números e condições da compra podem mudar. A ideia da compradora, no entanto, é tentar concluir as negociações iniciais da aquisição antes de apresentar seus resultados do trimestre no dia 8 de novembro.

Caso o negócio se concretize, essa pode ser a maior aquisição do segmento de redes sociais. A atual “campeã” nesse quesito é a compra do LinkedIn pela Microsoft, que aconteceu em 2016 e custou pouco mais de US$ 26 bilhões à dona do Windows.

stephen phillips hostreviews co uk ljvsuz7ruic unsplash 1 165830

Reprodução: Stephen Phillips on unsplash

Em 2019, quando fez seu IPO e se tornou uma empresa pública, o Pinterest foi avaliado em cerca de US$ 13 bilhões. A chegada da pandemia, o avanço da comunidade “faça você mesmo” e outros reflexos das pessoas passando mais tempo nos ambientes digitais, no entanto, parecem ter elevado essa cifra consideravelmente.

O valor também não deve ser um grande problema para o PayPal, que tem um valor estimado de US$ 320 bilhões e cresceu aproximadamente 36% apenas nos últimos 12 meses – junto do aumento das compras online.

Fonte: Reuters

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *