Tim Berners-Lee, conhecido como pai da internet, decidiu entrar no mundo dos NFTs (tokens não fungíveis) e leiloar o código-fonte que atua como base para a web moderna.

Os NFTs são uma forma de garantir a propriedade exclusiva de um item digital, o que parece uma ferramenta útil para artistas e outros profissionais em uma era em que roubo de conteúdo digital é bastante comum.

No entanto, como a tecnologia é baseada em blockchain, mesmo técnica que alimenta criptomoedas, trata-se de um verdadeiro pesadelo ambiental. Há também casos em que NFTs são implementados em artes roubadas, o que acaba anulando o propósito do token.

De acordo com a BBC, Lee está leiloando quatro itens em um NFT: o código-fonte da internet, datado de 1990-91; uma visualização animada do código; uma carta de Lee sobre o código; e uma espécie de pôster digital.

Internet

Foto: Gerd Altmann/Pixabay

O leilão será realizado pela casa de leilões Sotherby’s, que afirma que um NFT é “a maneira ideal de empacotar essa representação do código-fonte para a web, representando um ajuste perfeito entre meio e conteúdo”.

Um trecho da carta de Lee sobre o código pode ser lido no site da casa de leilões: “Foi divertido voltar e examinar o código. É incrível ver as coisas que essas relativamente poucas linhas de código, com a ajuda de uma incrível equipe crescente de colaboradores em todo o planeta, permaneceram no caminho certo para se tornar o que a web é agora”.

Como era de se esperar, a Sotherby’s aceitará ofertas de compra em criptomoedas. Além disso, a empresa afirma que “a pegada de carbono dese NFT é insignificante”, pois compensará os custos de transação.

Ainda segundo a casa de leilões, Tim está animado com a ideia de vender sua criação por meio de um NFT, já que é fã do conceito. “Parece certo assinar digitalmente meu autógrafo em um artefato totalmente digital. Essa é a coisa natural a se fazer quando você é um cientista da computação”, comenta o pai da internet.

No entanto, apesar da venda, o comprador não terá nenhum acesso especial a nada na internet. A web não é uma tecnologia patenteada ou protegida por direitos autorais. O código é apenas uma parte da história moderna.

Via: PC Gamer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *