O “drift” dos Joy-Cons do Nintendo Switch é um fenômeno mundial. A falha, descoberta há muito tempo, continua afetando usuários do console portátil. A empresa reconhece o erro e inclusive oferece o reparo ou substituição dos controles problemáticos sem qualquer custo. O problema é que mesmo joysticks novos – muitos deles – voltam a apresentar o tal drift, movimentos e ações do controle direcional aleatórios.

A Nintendo parece não gostar muito do assunto, tanto que recusou afirmar que o problema estaria corrigido no novo Switch OLED. Agora, surpresa: um engenheiro da Big-N revelou que o drift dos Joy-Cons talvez nunca seja definitivamente corrigido – ou quase isso.

Nintendo Switch

Usuário pode pedir substituição gratuita de Joy-Cons com o problema de drift – Imagem: Alvaro Reyes/Unsplash

Drift eterno?

Ko Shiota, executivo da Nintendo, afirma que o Joy-Con sempre se desgastará com o tempo. Segundo ele, o desgaste é inevitável, uma vez que existem partes fisicamente em contato.

“Por exemplo, os pneus dos carros desgastam-se à medida que o carro se move, visto que estão em constante atrito com o solo para rodar. Então, com essa mesma premissa, nos perguntamos como podemos melhorar a durabilidade, e não só isso, mas como a operabilidade e a durabilidade podem coexistir? É algo que estamos continuamente enfrentando”.

A Big-N afirma que os joysticks que acompanham o modelo OLED “são a versão mais recente com todas as melhorias”, assim como os Joy-Cons que vêm com o Switch básico, o Switch Lite e os Pro Controllers.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *