Se engana quem pensa que somente Google e Apple estão comemorando os resultados recordes no segundo trimestre fiscal de 2021. A liderança da Microsoft em computação em nuvem e suas soluções de produtividade também rendeu números impressionantes à empresa: o lucro no período cresceu 47%, chegando a US$ 16,5 bilhões no período.

No relatório de ganhos do segundo trimestre do ano, a Microsoft relatou um aumento de 21% nas receitas em comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo US$ 46,2 bilhões.

O sucesso da Microsoft é recorde e os ingredientes para o crescimento têm sido os mesmos nos últimos anos. O negócio de “nuvem inteligente” cresceu 30% em relação ao ano passado. Além disso, plataformas como Office, Linkedin e outros aplicativos de negócios, juntos, aumentaram as receitas em 25%.

Não menos relevantes, a área de computação pessoal da empresa – que engloba Windows e Xbox – melhorou 9%.

Microsoft: lucro cresce 47% e chega a US$ 16,5 bilhões no trimestre

Reprodução: Olya Adamovich/pixabay.com

Big Techs; big records

O relatório de lucros da Microsoft prova que a empresa soube rebolar e se reinventar durante a pandemia. Mas ela não foi a única; a Apple bateu recorde de vendas puxado pelo sucesso do iPhone no segundo trimestre do ano. E a Alphabet, empresa-mãe do Google, lucrou nada menos que US$ 18,5 bilhões no mesmo período.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *