Imagem: VDB Photos/shutterstock.com

A Microsoft acaba de implementar um novo recurso que deve aprimorar ainda mais a segurança do Windows 11. Um atualização do Windows Defender Application Control (WDAC) vai passar a bloquear automaticamente drivers que sejam considerados não confiáveis ou maliciosos.

Microsoft aprimorando suas defesas

Voltada principalmente para o mercado corporativo, a ferramenta da Microsoft entra no rol de opções que os administradores de rede têm à sua disposição para controlar o que cada máquina pode ou não instalar no PC ou notebook da empresa.

Apesar de, inicialmente, ser voltada para o Windows 11, a novidade também deve beneficiar usuários de outras versões do sistema, como o Windows Server 2016 e o Windows 10 – bastando a instalação ou habilitação de algumas funcionalidades extras.

Microsoft CES 2022

Imagem: Tadas Sar on Unsplash

De forma simplificada, o novo recurso faz com que a plataforma busque informações sobre drivers seguros em uma lista extensa, constantemente atualizada e mantida por fabricantes e fornecedores independentes de hardware.

Caso o driver em questão não esteja no pacote de confiança da Microsoft ou seja considerado perigoso, ele pode até mesmo ser banido com base em seu hash, nome de arquivo, versão e muitos outros fatores.

Talvez seja melhor esperar

Na teoria, a atualização é uma boa forma de intensificar ainda mais a segurança de sistemas como Windows 11, mas a própria Microsoft admite que, na prática, a história pode ser outra.

Isso porque o bloqueio de drivers com base em uma lista pode fazer com que determinados hardwares não funcionem adequadamente, podendo prejudicar a experiência do usuário ou mesmo causar instabilidade no funcionamento da máquina.

A expectativa é de que, conforme a listagem for sendo consolidada e os desenvolvedores submeterem seus drivers à aprovação da Microsoft e seus parceiros, a funcionalidade traga mais vantagens do que problemas ao ecossistema.

Via: TechRadar

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.