O mercado global para NFTs chegou a US$ 22 bilhões, com o interesse de colecionadores chegando a um valor financeiro inédito em 2021. Os tokens não-fungíveis (NFTs) são uma maneira de ter a posse legítima de um item digital único, com suporte na tecnologia blockchain.

O DappRadar, que calcula o volume de vendas dos tokens, mostrou que o valor do mercado chegou a US$ 22 bilhões em 2021, em comparação aos US$ 100 milhões em 2020, e que o capital de mercado básico dos 100 itens mais valorizado, seu valor coletivo, foi de US$ 16,7 bilhões.

O item mais valorizado à venda este ano foi The First 5000 Days, uma colagem digital do artista Beeple, codinome do artista digital americano Mike Winkelmann. A obra foi leiloada por US$ 69,3 milhões em março, o que fez com que se tornasse a obra de arte mais valiosa já vendida por um artista vivo. Outro trabalho de Beeple, Human One, foi vendido por US$ 29 milhões.

NFTs criou 10.000 gorilas de milhões de dólares

Outras vendas de milhões de dólares incluem a coleção de 10.000 itens do Bored Ape Yacht Club, um grupo de gorilas desenhados que podem ser usados como fotos de perfil em redes sociais de seus donos. Sua venda chegou a US$ 26,2 milhões. Entre as celebridades que possuem as imagens estão o apresentador de programa de entrevistas Jimmy Fallon e o rapper Post Malone.

O DappRadar disse que um fator principal no aumento dos negócios com itens digitais foi a entrada de grandes empresas no mercado.

A Coca-Cola obteve mais de US$ 575.000 from da venda de itens como uma jaqueta personalizada para ser usada no metaverso da Decentraland. Já a estrela de Matrix Keanu Reeves se surpreendeu quando soube que a série de filmes tinha avatares à venda.

Um frenesi de vendas que pode virar um mercado estável

Outras empresas como Gucci, Nike e Adidas investiram também nos tokens. Um dos consumidores alvo é o fã de futebol, com itens com investidores como os ex-jogadores da Inglaterra, John Terry e Wayne Rooney. Para George Monaghan, analista da GlobalData, o investimento em blockchain é de alto risco pois ainda não é regulamentado no Reino Unido, disse ao The Guardian.

O analista classificou os investimentos em tokens em 2021 como um frenesi. A moda pode passar e o mercado ficará mais parecido com os negócios da área de arte, onde o consenso no valor já é mais previsível. No entanto, ainda deve levar anos até que o mercado de NFTs estabilize e continuará a ser um investimento de alto risco.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *