Nos Estados Unidos, o McDonald’s já testa o atendimento de pedidos do drive-thru com o uso de bots baseados em inteligência artificial.

Ao chegar à cabine, o cliente simplesmente fala seu pedido que é interpretado por um algoritmo de reconhecimento de voz. A rede de fast food diz que o sistema funciona perfeitamente bem em 85% dos casos; no restante, ainda é necessária a intervenção de um humano. Mas a ideia é aprimorar o atendimento robótico para alcançar os 100% de performance.

Para isso, o McDonald’s vai vender o sistema para a IBM para “acelerar ainda mais” o trabalho em seus sistemas automatizados de pedidos por voz. O acordo promete levar a tecnologia a uma ampla variedade de países, idiomas e menus.

McDonald's

Imagem: Quentin Bounias / Unsplash

O negócio deve ser fechado em dezembro; o McD Tech Labs vai se juntar à equipe de software cognitivo e de nuvem da IBM. O CEO do Mc, Chris Kempczinski, acredita que sejam necessários até dois anos mais para implementar a tecnologia em maior escala. Para ele, a integração com a IBM é o caminho para o sucesso – tanto no McDonald’s como também em outros restaurantes.

Fonte: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *