O Spotify divulgou seus números do trimestre fiscal e destacou os podcasts como alavancas para os números cada vez mais crescentes da plataforma. O comunicado à imprensa incluiu números latino-americanos. Em destaque, podcasts do Brasil e da Índia.

“Internacionalmente, o Spotify lançou 76 novos podcasts Originais e Exclusivos, com tração notável principalmente na Índia e na América Latina, onde os O&E geraram novos usuários para o Spotify. Os maiores shows nesses mercados incluem: Mythpat (Índia), Mano a Mano (Brasil), Paciente 63 (adaptação do Caso 63 no Brasil), e Virus 2062 (adaptação do Caso 63 na Índia)”.

Conheça os dois brasileiros entre os maiores podcasts originais e exclusivos do Spotify no mundo. Veja as sinopses:

Paciente 63Ano de 2022. A psiquiatra Elisa Amaral grava as sessões de um enigmático paciente – registrado como Paciente 63 – que diz ser um viajante do tempo. Aquilo que começa como sessões terapêuticas de rotina se transforma rapidamente num relato que ameaça as fronteiras do possível e do real. Uma história que transita entre o futuro e o passado de dois personagens que podem ter nas mãos o futuro da humanidade. Protagonizado por Mel Lisboa e Seu Jorge.

Mano a ManoSalve rapa! Salve massa! Mano Brown vem para ampliar a visão e o debate trazendo diversidade de ideias e pensamentos com profundidade e respeito. Se prepare para ouvir assuntos importantes, interessantes, relatos inéditos e controversos com convidados amados ou odiados – você decide! Todas as quintas-feiras já estão reservadas para esse papo no melhor estilo Mano a Mano.

Números na América Latina

O Spotify divulgou sua distribuição de usuários mensais ativos pelo mundo. Em 1o lugar está a Europa (34%), seguida por América do Norte (24%), América Latina (22%) e resto do mundo (21%).

Já com relação ao número de assinantes Premium por região, a América Latina tem 20% dos pagantes do Spotify. Europa tem 40%, América do Norte 29% e o resto do mundo 11%.

Podcasts no centro dos lucros

O Spotify chegou a 172 milhões de assinantes pagantes e 381 milhões de usuários ativos mensalmente, de acordo com o anúncio da empresa sobre seus últimos números. A base aumentou considerando que anteriormente eram 165 milhões de assinantes pagantes e 365 milhões de usuários ativos mensalmente no último trimestre fiscal, com os dois números subindo 19% por ano. Os números estavam dentro da expectativa do Spotify para este trimestre.

O crescimento significa que o Spotify continua a ser o maior serviço de música streaming no mundo. No final de 2021, o Spotify espera ter mais de 400 milhões de usuários ativos mensais e 177 milhões de assinantes premium, o que estaria de acordo com projeções anteriores.

Na competição estão Apple Music, com 60 milhões de assinantes pagantes e Amazon Music, com 55 milhões. Os números dos competidores não são oficiais e compilados pelo Music Ally pois os serviços não costumam divulgar estes dados.

Notadamente, neste trimestre fiscal, o Spotify aumentou sua renda por usuário para US$ 5,03 em comparação a US$ 4,98 no último trimestre fiscal. O aumento é de 4% em relação ao ano passado. No geral, a empresa lucrou mais US$ 2,32 milhões em relação ao mesmo trimestre fiscal no ano passado. O número é incomum para o Spotify, pois o serviço enfatiza mais o crescimento do que lucro, de acordo com o The Verge. A média de arrecadação por usuário subiu ainda por conta do aumento de preço dos planos neste ano.

Podcasts com mais usuários e horas de consumo

Os ganhos foram impulsionados pelo aumento de anúncios em podcasts, que aumentaram de 10 a 13% do total da arrecadação, de acordo com The Wall Street Journal. O Spotify diz que a maior parte dos podcasts possui cada vez mais usuários engajados, e as horas totais de consumo de podcasts chegaram ao número mais alto já registrado neste trimestre.

A quantidade de podcasts na plataforma agora está em 3,2 milhões, um aumento significativo dos 2,9 milhões do último trimestre. O Spotify agora diz que é a “plataforma número um para podcasts que a audiência dos EUA mais escuta”, citando seus dados e um relatório da Edison Research.

Os números vêm ao final de um trimestre relativamente tranquilo para o Spotify, que não realizou nenhuma grande aquisição ou lançamento. Ainda não há também sinal do Spotify HiFi, o novo serviço de streaming de qualidade próxima ao CD que a empresa anunciou que teria em fevereiro e que deve ser lançado até o final de 2021.

Em vez disso, a empresa fez algumas pequenas mudanças ao seu serviço neste trimestre, como lançando amplamente a possibilidade de autores de podcasts adicionarem pesquisas interativas e seções de perguntas e respostas aos seus shows. Foi lançada ainda um app para Wear OS com suporte ao playback offline, e acrescentada uma nova funcionalidade “Aprimorar” que automaticamente adiciona músicas a playlists pré-existentes do usuário.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *