Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

As TVs com o painel OLED da LG prometem entregar imagens com uma qualidade incrível devido aos pixels auto iluminados. Já a LG OLED A1 é um dos televisores com esta tecnologia e outros recursos que chega como o modelo mais simples da linha com esses painéis.

O TecMasters recebeu uma TV LG OLED A1 de 55 polegadas e, após aproveitar muitas séries e filmes com o aparelho, conta o que achou do mesmo neste review. Confira!

Design e acabamento

A LG OLED A1 conta com um acabamento mais simples do que outros modelos com o mesmo painel. Ainda assim, a primeira coisa que se nota na TV é a sua espessura extremamente fina e, praticamente, a ausência de bordas.

LG OLED A1 55 - espessura

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Os pés da base da TV são separados e bem espaçados, mesmo no caso do modelo de 55 polegadas, que foi enviado ao TecMasters. Apesar da TV ser bem fina, a LG acertou na escolha destes pés, que a mantém bem firme. Quem preferir, é claro, também tem a possibilidade de usar a TV montada em um suporte ou rack.

As entradas da TV ficam, como de costume, ficam localizadas na parte lateral e traseira. A seguir, veja a lista de conexões disponíveis:

  • 3 entradas HDMI 2.0
  • 1 entrada para antena
  • 2 portas USB
  • 1 entrada para cabo de rede
  • 1 saída de áudio óptica

Aqui, a minha primeira crítica fica pela ausência de um mecanismo melhor para esconder os cabos. Já a segunda fica pelo fato de todas entradas HDMI serem 2.0, o que justifica o painel ter uma taxa de atualização de 60 Hz, mas falaremos de imagens e detalhes técnicos do tipo mais adiante no review.

LG OLED A1 55 - entradas

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

O controle da LG OLEDA A1 vem equipado com a tecnologia “Smart Magic Remote”, que ajuda a fazer uma tarefa similar ao de um cursor do mouse. Como de costume, o controle respondeu bem aos comandos, sem apresentar falhas na movimentação.

LG OLED A1 55 - controle remoto

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

A LG continua a acertar no controle ao incluir atalhos para os principais apps de streaming e assistentes virtuais. Aqui, também vale lembrar que o controle conta com um microfone embutido para receber os comandos por voz.

Sistema

A LG OLED A1 vem com o WebOS 6.0, que consegue reunir muitas informações na tela ao mesmo tempo que não a deixa poluída. Em seu menu principal, é possível conferir as últimas tendências de filmes, acessar os aplicativos e até mesmo entrar em alguns menus para configurações.

LG OLED A1 55 - WebOS

Imagem: Alvaro Scola Neto/TecMasters

Além de contar com a plataforma LG ThinQ AI para comandos de voz, a TV também conta com suporte ao Google Assistente e a Alexa. Assim como vimos em outros modelos, o Google Assistente é o que se mostra mais integrado ao WebOS e ajuda, por exemplo, a abrir um aplicativo em uma série, ao fazer uma busca, ou consultar algo, mas nem sempre todos os comandos saem perfeitos.

Já o processador presente na LG OLED A1 55 é o a7 gen4, que dá conta do recado com sobra. De forma geral, seja para abrir aplicativos, navegar em menus ou carregar conteúdos, tudo é executado de forma bem rápida.

Imagem e som da LG OLED A1

A LG OLED A1 conta com a resolução 4K e tempo de resposta de 1 ms. Esse modelo pode ser considerado uma versão um pouco mais simples do que o que é visto na linha C1, uma vez que possui certas limitações, apesar de entregar uma ótima qualidade de imagem.

Assim como em outros modelos com painéis OLED, a A1 consegue oferecer cores bem vivas, sendo que os tons de preto são perfeitos devido aos pixels que se auto iluminam. Apesar deste elogio, o nível de contraste e brilho visto neste modelo não é dos melhores, mas também não compromete dentro de sua faixa de preço.

[Review] LG OLED A1 é a Smart TV ideal para quem quer imagem de qualidade[Review] LG OLED A1 é a Smart TV ideal para quem quer imagem de qualidade[Review] LG OLED A1 é a Smart TV ideal para quem quer imagem de qualidade

Outro ponto positivo a ser destacado na televisão fica por conta do seu ângulo de visão, que acaba sendo excelente.

Apesar de contar com um modo “Otimizador de Games”, não é possível recomendar a LG OLED A1 para quem tem um videogame de última geração. O motivo para isto fica por conta de sua taxa de atualização ser de apenas 60 Hz. Assim, na prática, é claro que os videogames até terão uma imagem de qualidade excelente, mas a fluidez que eles podem oferecer ficará comprometida.

Não somente isso, a TV também não é indicada para quem gosta de jogar usando o PC como plataforma ao não incluir o suporte ao G-Sync ou FreeSync.

Em relação ao som, a LG OLED A1 vem equipada com dois alto-falantes de 20 W. De forma geral, o volume não acaba sendo tão alto e os graves ficam um pouco abaixo do desejado. Já do lado positivo, o modo “Som IA” faz um ótimo trabalho e o suporte ao Dolby Atmos está presente.

Conclusão

A LG OLED A1 é uma opção de televisão interessante para quem está à procura de uma qualidade de imagem superior sem ter que gastar muito quando comparado aos modelos topo de linha com o mesmo painel. As cores da televisão são bem vivas e, como mencionado, o seu ângulo de visão é excelente.

O modelo, é verdade, até traz alguns recursos para quem for jogar, mas não atende o público gamer mais exigente. Já na parte do som, a TV cumpre o seu trabalho, mas um pouco de potência a mais seria bem vinda.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.