Imagem: Divulgação/Riot Games

*Matéria produzida em parceria com Alvaro Scola

Nada de novo sob o Sol: mais um patch do League of Legends chega e novas escolhas são vistas nos campos de Summoner’s Rift. Até porque a atualização 12.13 trouxe diversos buffs e nerfs de campeões — sem contar o lançamento de Nilah, é claro —, e mudanças já eram esperadas para a solo queue.

Quem perdeu as notas de atualização pode conferir o resumão feito pelo TecMasters por meio deste link. Mas aqui o papo é outro: trazer as melhores sugestões de campeões, rota a rota, para uma chance extra de subir de elo nas filas ranqueadas.

Escolher o campeão vai ser garantia de uma vitória em League of Legends? Não necessariamente. Mas quem costuma ficar perdido com as mudanças de patch, vale conferir opções que, até o momento, têm apresentado bons desempenhos.

Melhores top laners

Nada melhor que começar a lista com a rota superior do League of Legends. A recente mudança lançada pela Riot Games continua a beneficiar os tanks, mas pouco a pouco, bruisers vêm conquistando seu espaço. E isso ficará bem claro nesta lista.

Darius

Darius pode sofrer em algumas matchups específicas, mas costuma se dar bem contra a maioria dos campeões. Talvez seja por isso que o campeão ocupe atualmente o posto de melhor top laner do patch, acumulando uma win rate de incríveis 52,49%.

Para abusar de sua força, vale apostar em runas baseadas em Precisão e Determinação.

Darius (Top) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Sobre os itens, mescle entre opções de dano e resistência. Na prática, invista em Força da Trindade ou Quebra-passos como item mítico, seguido de Dança da Morte, Couraça do Defunto e, se necessário, Força da Natureza.

Wukong

Wukong tem números melhores que Darius (win rate de 52,70%), mas foi pickado menos vezes. Independentemente disso, o macaco já vem se destacando há algum tempo nos campos do League of Legends, principalmente após a mudança que permitiu ao campeão atravessar paredes com seu W.

Sem titubear nas runas: Precisão na árvore primária e Determinação na árvore secundária.

Wukong (Top) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Para item mítico, escolha entre Força da Trindade ou Ruptor Divino, dependendo da situação. Depois, invista em itens para bruisers como Dança da Morte, Cutelo Negro, Mandíbula de Malmortius e Anjo Guardião.

Poppy

Quem é main Poppy que festeje, pois a campeã está relativamente forte neste patch. Temida por ADCs e mid laners, a personagem atualmente ostenta uma win rate de 53,14% e é uma das melhores opções para o topo.

Segundo as estatísticas, vale apostar em runas baseadas em Determinação e Inspiração.

Poppy (Top) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Não menos importante, a build será baseada em itens de resistência: Ruptor Divino ou Égide de Fogo Solar como item mítico, Armadura de Espinhos, Força da Natureza e Presságio de Randuin.

Melhores caçadores

O patch 12.13 de League of Legends trouxe algumas mudanças consideráveis, principalmente para a jungle. Embora campeões mais resistentes continuem fortes, os destaques vão para personagens mais frágeis, mas que são capazes de infringir muito dano.

Master Yi

E com o mini rework, torna-se inevitável sugerir Master Yi para a solo queue. O player agora pode reposicionar o campeão durante a habilidade Q e seu W agora reduz ainda mais o dano de oponentes — 90% no primeiro 0,5 segundo. Como resultado, o personagem acumula uma win rate de 51,77%.

Conquistador pode ser uma boa runa, mas a preferência da comunidade tem sido pela Chuva de Lâminas.

Master Yi (Jungle) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Com exceção da Égide de Fogo Solar, opte por itens de dano como Espada do Rei Destruído, Lâmina da Fúria de Guinsoo, Dança da Morte e Anjo Guardião.

Fiddlesticks

Quem também foi buffado e vem apresentado sucesso na SoloQ é o Fiddlesticks. Ao que parece, as melhorias no Q e na ult do campeão têm dado resultado. Afinal, o espantalho está com uma taxa de vitórias vistosa de 53,06% nos campos de Summoner’s Rift.

Em relação às runas, a preferência tem sido por uma árvore primária baseada em Inspiração e uma secundária baseada em Dominação.

Fiddlesticks (Jungle) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Após comprar um Explocinturão Hextec como item mítico, vale investir em uma Ampulheta de Zhonyas, uma Chama Sombria e um Cajado do Vazio para completar a build.

Diana

É fácil explicar o motivo de Diana estar ganhando relevância pela solo queue. Com jogabilidade relativamente simples, Diana consegue escalar bem durante a partida, dar muito dano aos inimigos e destruir uma team fight com sua ultimate. Talvez por isso que 52,31% dos players vencem ao jogar com ela.

Quem quiser “copiar” as runas mais usadas pela comunidade deve escolher Conquistador na árvore primária.

Diana (Jungle) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Curiosamente, a Égide de Fogo Solar tem sido o item mítico preferido dos players. Dente de Na’Shor, Abraço Demoníaco, Ampulheta de Zhonyas e Capuz da Morte de Rabadon podem ser outros bons itens para a build.

Melhores mid laners

Três campeões AP para três sugestões destinadas à rota do meio de League of Legends — assim como a lista do patch 12.12. A tônica de campeões que escalam bem durante o jogo também segue viva, mas Kassadin parece ter perdido a vaga para a Tecelã de Pedras.

Taliyah

Buffada neste patch, Taliyah, que estava aparecendo na jungle, tornou-se uma boa opção para a mid lane. Não à toa, a campeã é atualmente um dos principais picks para a rota do meio, acumulando uma taxa de vitórias de 52,78%.

Não invente nas runas: vá pelo safe e opte por Dominação e Feitiçaria.

Taliyah (Mid) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Em relação aos itens, vale apostar em um Eco de Luden como item mítico, seguido de um Cajado do Arcanjo, Ampulheta de Zhonyas e Capuz da Morte de Rabadon.

Swain

Sem surpresas, Swain segue forte como nunca. O vampirão segue forte mesmo com a chegada de um novo patch e 53,20% dos jogadores do general de Noxus têm garantido uma vitória nos campos de Summoner’s Rift.

Aposte em runas que beneficiam as trocas de Swain. Ou seja: Precisão e Determinação.

Swain (Mid) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Pegue papel e caneta para anotar a build: Angústia de Liandry, Cetro de Cristal de Rilay, Ampulheta de Zhonyas e Abraço Demoníaco.

Viktor

Outro mid laner que segue no gosto dos lolzeiros é o Viktor. Os campeões estão mais resistentes, tornando lutas e jogos mais duradouros? Não tem problema. Viktor pode farmar de forma tranquila na lane phase e escalar brutalmente no mid/late game.

Mas para que isso aconteça da melhor forma, recomenda-se runas baseadas em Inspiração e Feitiçaria.

Viktor (Mid) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Sobre os itens, aposte em um Eco de Luden, Chama Sombria, Ampulheta de Zhonyas, Capuz da Morte de Rabadon e, se necessário, um Cajado do Vazio.

Melhores atiradores

Acredite se quiser, mas Nilah não está entre as opções mais fortes de League of Legends. É verdade que campeões recém-lançados quase sempre apresentam desempenhos fora da curva no início, mas ao menos na bot lane, outras escolhas têm mostrado maior chance de sucesso.

Sivir

E neste sentido, Sivir desponta como o principal pick para a rota inferior. Ao que parece, o mini rework caiu bem para a campeã mais popular do League of Legends. Prova disso é que a atiradora está com uma win rate de aproximadamente 53,27% na SoloQ.

Com a mudança, a Sivir baseada em crítico e atack speed tornou-se muito mais viável (e eficiente). Por conta disso, a árvore primária preferida tem sido a baseada em Ritmo Fatal.

Sivir (ADC) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Falando sobre itemização, o Crepúsculo de Draktharr deu lugar ao Mata-Cráquens como item mítico. Já o restante da build pode incluir Dançarina Fantasma, Gume do Infinito e Lembranças do Lorde Dominik.

Twitch

O rato tem sido uma boa escolha desde patches passados e segue muito viável no update 12.13. A lógica é simples: se campeões mais parrudos estão dando as caras em outras lanes, nada melhor que o late game de Twitch para derretê-los, certo?

As runas seguem o padrão da árvore primária baseada em Precisão e uma secundária baseada em Dominação.

Twitch (ADC) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

E não há segredos para a build: faça uma Espada do Rei Destruído de primeiro item e depois invista em um Mata-Cráquens, Furacão de Runaan, Gume do Infinito e Lembranças do Lorde Dominik.

Seraphine

Não, ainda não chegamos à rota de suportes. Por mais curioso que pareça, Seraphine tem sido usada na bot lane e vem sendo um sucesso: taxa de vitória de incríveis 54,88%. Inclusive, o pick pode ser uma boa opção caso o time já esteja recheado de campeões AD.

Falando sobre runas, vale investir em uma árvore primária de Invocar Aery e outra secundária baseada em Inspiração.

Seraphine (ADC) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Já sobre itemização, a preferência da comunidade tem sido itens como Angústia de Liandry, Cajado do Arcanjo, Cetro de Cristal de Rilay, Ampulheta de Zhonyas e o bom e velho Capuz da Morte de Rabadon.

Melhores suportes

A última lane da lista é a dos suportes. Apesar de o CBLoL apresentar picks agressivos de engage, na solo queue do League of Legends são os campeões “maguinhos” de peel quem têm levado a melhor. Aliás, todas as sugestões abaixo já figuraram em dicas de patches passados.

Renata Glasc

Renata Glasc, por exemplo, parece ser uma campeã que “veio para ficar”. Isso porque ela traz um kit de habilidades bem interessante e mostra-se útil em diversas situações: seja para evitar uma iniciação do time inimigo ou mesmo para dar engage em uma team fight.

Sem segredos sobre as runas: Determinação e Dominação.

Renata Glasc (Sup) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Falando de builds, opte por um Medalhão dos Solari de Ferro ou Hino Bélico de Shurelya como item mítico, dependendo da situação. Depois, aposte em um Putrificador Quimtec e Redenção, sem esquecer da Pedra-Vigia Vigilante para carregar mais sentinelas de controle.

Janna

Outra que segue no gosto popular dos jogadores de League of Legends é a Janna. Mesmo com os nerfs em curas e shields, a campeã segue fazendo sucesso na bot lane e, atualmente, ostenta uma taxa de vitórias de 53,34%.

Quem resolver seguir as runas mais usadas pela comunidade deve apostar em uma árvore primária baseada em Inspiração e outra secundária baseada em Determinação.

Janna (Sup) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Regenerador de Pedra Lunar, Putrificador Quimtec e Redenção são ótimas sugestões de itens.

Sona

Por fim, mas não menos importante, a última recomendação para suporte é a Sona. Assim como Janna, a campeã pode não ter a melhor fase de rotas do mundo, mas pode ser figura importante no late game. E certamente 53,07% dos players que têm pickado ela concordam com isso.

Vale a pena apostar em runas baseadas em Feitiçaria e Determinação.

Sona (Sup) - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Quanto às builds, vale apostar em um Regenerador de Pedra Lunar, Putrificador Quimtec, Redenção e Cajado da Água em Fluxo.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.