Atual logo do League of Legends - Imagem: Reprodução

*Matéria produzida em parceria com Igor Shimabukuro

O patch 12.12 do League of Legends chegou na semana passada e várias mudanças foram aplicadas aos campeões. Assim, é claro, as builds mudaram, assim como os picks e outras prioridades.

O TecMasters fez um resumão do que mudou com o patch, que pode ser conferido neste link, mas decidiu dar uma mãozinha a mais aos jogadores fazendo uma lista com quais são os campões mais fortes do momento. Para isso, analisamos números das taxas de vitórias, picks e builds utilizadas em elos mais altos.

Nós, é sempre bom lembrar, não damos garantia de vitória nas partidas, já que um pouco de “dedo” ainda é preciso, mas garantimos que as escolhas feitas a seguir são boas. Sem mais delongas, confira as principais sugestões para se dar bem nesse novo patch do League of Legends.

Melhores top laners

Os últimos patches da Riot Games para o League of Legends foram bastante focados ainda na questão da durabilidade. Assim, a rota do topo segue vendo algumas alterações em quem está mais roubado forte.

Tahm Kench

Desde o seu rework, o famoso sapão do League of Legends voltou a aparecer no topo, mas tinha perdido um pouco de sua força. Entretanto, neste patch, ao levar em consideração a taxa de escolhas e vitórias, ele é o melhor topo. Nas runas, para ficar mais tank e ainda ter um dano mágico extra, a runa principal deve ser a “Aperto dos Mortos-Vivos”.

Tahm Kench (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a build é focada praticamente apenas em itens de tank. Para começar, os jogadores devem partir em busca do mítico item “Manopla do Raio de Gelo”, que deve ser seguido de uma armadura de espinhos. A partir disso, os jogadores precisam adaptar a build contra dano físico ou mágico.

Ornn

Desde que a Riot Games fez ajustes no patch 12.11 nos itens para tanks, o Ornn voltou a figurar como uma das opções mais fortes para o topo. Assim como o TK, Ornn usa a runa do “Aperto dos Mortos-Vivos” para ser bem chato desde o começo do jogo contra seus adversários enquanto vai estacando vida e outros atributos.

Ornn (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Na questão dos itens, vale sempre lembrar que a passiva do Ornn permite compras fora da base. Então, já na rota, compre uma “Lágrima da Deusa” e parta em busca do mítico “Manopla do Raio de Gelo”. Depois de fechar a “Aproximação Invernal”, adapte sua build de acordo com o tipo de dano de seus adversários.

Darius

Com uma taxa de pick impressionante de 10%, o Darius também está com uma taxa de vitórias de 52,45%. Para chegar nestes números expressivos, a runa principal utilizada pelos jogadores é a “Conquistador”, sendo que os feitiços de invocadores são “Flash e Fantasma”, afinal, o noxiano não quer deixar ninguém fugir.

Darius (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico favorito dos jogadores tem sido a “Força da Trindade”, que deve ser seguida de uma “Dança da Morte”. A build ainda pode ter o “Sinal de Sterak” para um pouco mais de dano, enquanto o resto dos itens devem ser os mesmos feitos por outros tanks.

Melhores caçadores

A posição de caçador está com muitos campeões fortes, sendo que a Bel’Veth, por pouco, não entrou em nossa lista. Mas, assim como no topo, campeões que resistem mais no late game são os que estão em destaque.

Volibear

O Volibear está com nada menos que 54,68% de taxa de vitórias, sendo considerado disparado o melhor caçador do patch 12.12 do League of Legends. Nas runas, o ursão usa o “Pressione o Ataque”, que causa muito mais dano devido ao seu combo ser fácil de acertar.

Volibear (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já na itemização, o Volibear quer correr ao mesmo tempo em que fica tank. Assim, comece pelo mítico “Quimiotanque Turbo” e faça, em seguida, uma “Couraça do Defunto”. Caso esteja contra alguém de dano mágico explosivo, troque o segundo item pela “Força da Natureza”.

Wukong

Desde que passou por uns ajustes em seu kit que agora permite atravessar paredes, o Wukong passou a ser uma forte opção na selva. Nas runas, para poder ir pra cima e ter boas trocas, a opção preferida dos jogadores é a “Conquistador”.

Wukong (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a sua build acaba sendo mais bruiser. Comece pelo mítico “Ruptor Divino” e faça uma “Dança da Morte”. Para completar o combo, o “Cutelo Negro” e o “Anjo Guardião” são ótimas escolhas.

Zac

O Zac não passou por mudanças recentes, mas o patch da durabilidade tem ajudado bem o campeão, que está com uma taxa de vitórias superior a 52%. Na runa, os jogadores têm optado pelo “Pós-Choque”, que deixarão o “grande geleia” mais tank ao acertar um atordoamento.

Zac (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a itemização do Zac é mais voltada para o lado tank, mas tem um “elemento especial”. Primeiro, feche o item mítico “Manopla do Raio de Gelo” e, logo em seguida, faça um “Abraço Demoníaco”. Agora, o campeão terá dano e poderá focar o resto de sua build em itens tank.

Melhores mid laners

Os mid laners AD não estão fracos, mas são os AP quem estão se dando melhor no patch 12.12 de League of Legends. Ainda no meta de late game, a melhor escolha são de campeões com bom escalonamento e que se tornam verdadeiros monstros na etapa final da partida.

Swain

O mini rework em Swain parece ter caído bem para o campeão. Patches vem e vão, mas o vampirão se mantém firme e forte na mid lane. Aliás, o general de Noxus está com uma win rate de 53,09%, provando que segue como uma ótima escolha.

Na hora de fazer as runas, opte por árvores baseadas em Feitiçaria e Determinação.

Swain build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Quanto às runas, não há segredo: Angústia de Liandry, Abraço Demoníaco, Cetro de Cristal de Rylai e Ampulheta de Zhonya são boas sugestões.

Viktor

Desde a atualização de durabilidade do patch 10.10, Viktor tem se saído bem nos campos do League of Legends. Com bom escalonamento e kit de habilidades interessante, o campeão detém uma taxa de vitórias de 52,43%.

Sobre as runas: Primeiro Ataque na árvore primária e Transcendência na secundária.

Viktor build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

E não se esqueça da build: Eco de Luden, Chama Sombria, Ampulheta de Zhonya e Capuz da Morte de Rabadon.

Kassadin

Para fechar a rota do meio com chave de ouro, nada melhor que um dos campeões mais temidos do late game: Kassadin. Sim, a fase de rotas do personagem não é das melhores, mas é no fim do jogo — mais especificamente no level 16 — que a coisa complica para os inimigos.

E para encaminhar a vitória, nada melhor que usar runas baseadas em Inspiração e Determinação, que têm sido preferência entre os jogadores.

Kassadin build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Quanto à itemização, aposte em um Glacieterno, seguido de um Cajado do Arcanjo, uma Ampulheta de Zhonya e, por fim, um Capuz da Morte de Rabadon.

Melhores atiradores

Ainda sob a tônica de campeões mais resistentes e games mais longos, atiradores hyper carries têm dominado — com algumas exceções, é claro — os campos do League of Legends. A lógica é simples: partidas mais duradouras exigem ADCs que escalem bem até o late game.

Twitch

E quando se fala em late game, se fala em Twitch. Não importa quão resistente possa estar o oponente no final do game, já que, com a build certa, o rato certamente o derreterá. Não à toa, o campeão é o atirador com a maior taxa de win rate (52,42%) do League of Legends.

As runas preferidas dos jogadores têm sido Ritmo Fatal de primária e uma árvore secundária baseada em Dominação.

Twitch build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Sobre a build, vale rushar uma Espada do Rei Destruído como primeiro item. Posteriormente, recomenda-se fazer Mata-Cráquens, Furacão de Runaan, Gume do Infinito e Lembranças do Lorde Dominik.

Ashe

Ashe é outra hyper carry que tem se dado bem em Summoner’s Rift. Apesar da falta de mobilidade, a campeã compensa com um bom kit voltado para utilidade. E talvez sejam estes atributos que têm feito a personagem alcançar uma taxa de vitórias de 52,06% na SoloQ.

Quanto às runas, recomenda-se optar pelas árvores baseadas em Precisão e Inspiração.

Ashe build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Já sobre a itemização, vale a pena investir em um Arco Escudo Imortal como item mítico, seguido de itens como Limite da Razão, Lâmina da Fúria de Guinsoo e Lembranças do Lorde Dominik.

Jhin

O Jhin não é hyper carry, mas nem por isso tem deixado de fazer sucesso na bot lane. Atualmente, o campeão do League of Legends conta com uma taxa de vitórias de 52,30%, provando que o seu alto índice de dano físico também pode ser uma ótima arma contra campeões resistentes no late game.

Nada fora do padrão para runas: uma árvore primária baseada em Dominação e outra secundária baseada em Feitiçaria.

Jhin - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Força do Vendaval, Coletora, Canhão Fumegante e Gume do Infinito costumam ser os principais itens da build do campeão.

Melhores suportes

Por fim, mas não menos importante, estão as melhores sugestões de suporte para esta atualização do League of Legends. Curas e escudos foram nerfados? Foram. Mas diversos campeões que usam (e abusam) destes recursos seguem fortas na rota inferior.

Seraphine

Um bom exemplo disso é a Seraphine. Ela também está viável na mid lane, mas aparece como uma das melhores opções na bot lane do League of Legends. Seu kit de habilidades permite não só proteger os aliados, como também iniciar uma luta favorável para seu time.

As runas preferidas dos jogadores têm sido as de Determinação e de Precisão.

Seraphine build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Quanto aos itens, opte por Regenerador de Pedra Lunar, Putrificador Quimtec e Ampulheta de Zhonya.

Taric

De forma curta e grossa: Taric tem sido a melhor sugestão para a rota inferior do League of Legends. Desaparecido em patches passados, o campeão está atualmente com uma taxa de vitórias de incríveis 54,20%. Peel, utilidade e iniciação são os principais recursos do personagem.

Para se dar bem na fita, invista em uma árvore primária baseada em Determinação e outra secundária inspirada em Precisão.

Taric build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

Pegue o papel e a caneta para anotar a build: Medalhão dos Solari de Ferro, Fimbulwinter, Juramento do Cavaleiro e Turíbulo Ardente.

Janna

A última das sugestões para este patch do League of Legends é Janna. A campeã tem aparecido como boa opção nos últimos updates e segue no gosto dos jogadores. Aliás, 53,42% dos players que têm jogado com ela estão saindo felizes dos campos de Summoner’s Rift.

Não invente nas runas: opte por Inspiração e Determinação.

Janna build - League of Legends

Imagem: Reprodução/TecMasters

A build também segue a mesma. Isso significa que vale investir em itens como Regenerador de Pedra Lunar, Putrificador Quimtec e Turíbulo Ardente.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.