Imagem: divulgação/Riot Games

*Matéria produzida em parceria com Igor Shimabukuro

O League of Legends tem um roteiro bem conhecido pelos seus jogadores: a Riot lança um novo patch de atualizações e um novo meta é definido pelos players da comunidade. Neste sentido, o update 12.8 lançado na semana passada acabou renovando a tier list de campeões mais atual do MOBA.

Quem perdeu as notas de atualização pode conferir tudo de forma resumida por meio deste link. Em suma, diversos campeões que estavam desaparecidos foram buffados e alguns champions e peculiaridades de itens foram enfraquecidos. O destaque ficou na conta de um reajuste em todas as habilidades de Swain.

Por conta dessas alterações, nós do TecMasters montamos uma listinha atualizada para você com os melhores picks de cada rota de League of Legends. Jamais nos responsabilizaremos por eventuais derrotas, mas analisar o que está forte no joguinho é um bom passo para subir de elo.

Sem mais delongas, confira as principais sugestões (rota a rota) do TecMasters para se dar bem nesse novo patch do League of Legends.

Melhores Top Laners

Apesar de nem a rota e nem os items terem passado por grandes mudanças, o meta do topo mudou bastante com o patch 12.8.

Kayle

A Kayle já apareceu algumas vezes na lista dos campeões mais fortes do League of Legends e, neste patch 12.8, a famosa anja está com uma taxa de vitórias de aproximadamente 54%. A principal runa usado pelos jogadores é a “Ritmo Fatal”, que ajuda Kayle a ter um pouco mais de velocidade de ataque nas trocas e até um range extra, caso as coisas se prolonguem.

Kayle (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Na itemização, os jogadores têm começado pelo item “Dente de Na’Shor” para ganhar velocidade de ataque e optado pelo mítico “Criafendas”, que ajuda com o “Vampirismo Mágico”. Após ter fechado estes itens, basta fechar mais itens que concedam “Poder de Habilidade”. Alguns poucos jogadores, vale notar, também têm optado pelo item “Mata-Cráquens” e feito uma build mais focada em crítico.

Garen

Já faz bastante tempo desde que o Garen não pode ser considerado um personagem fraco no League of Legends, mas agora o campeão tem encontrado mais espaço para rodar enquanto causa dano, uma vez que os tanks perderam um pouco de sua eficácia. Nas runas, o campeão de Demácia tem ido de “Conquistador”, que o ajuda nas trocas.

Garen (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Para o item mítico, os jogadores têm escolhido com mais frequência a “Força da Trindade” após terem feito o “Quebracascos”, que continua forte mesmo após os nerfs. Após estes itens, os jogadores podem tanto fazer itens para tanks, como a “Couraça do Defunto” ou “Semblante Espiritual” para durarem ainda mais nas lutas.

Darius

Ao utilizar o combo “Fantasma + Flash” para os “Feitiços de Invocador”, Darius não tem deixado praticamente ninguém fugir dele em Summoner’s Rift e tem visto a sua taxa de vitórias crescer, apesar de ainda não ser uma das “maiores da rota”. Nas runas, como praticamente todo personagem focado em trocas, a principal escolha tem sido “Conquistador”.

Darius (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Para itemização, o mítico a ser feito é a “Força da Trindade”. Então, os jogadores devem fazer uma “Dança da Morte” e mais itens que lhe concedam dano e vida.

Melhores caçadores

A selva do League of Legends já mudou bastante nesse ano, mas alguns campeões sempre acabam indo e voltando ao meta.

Volibear

O urso polar do League of Legends continua a mostrar sua força nos campos da justiça e segue com uma das maiores taxas de vitória entre os caçadores. A runa principal utilizada segue sendo “Pressione o Ataque”, que ajuda o campeão a causar bastante dano na hora do engage.

Volibear (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a itemização continua a envolver itens que concedem mais velocidade de movimento. Então, comece pelo mítico “Quimiotanque turbo” e faça itens como “Couraça do Defunto” e “Força da Natureza”.

Nocturne

No último patch, Nocturne tinha começado a alcançar uma boa taxa de vitórias e seus números continuam bem estáveis no patch 12.8. A runa principal escolhida para o campeão tem sido a “Conquistador”.

Nocturne (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Para itens, o campeão deve começar com o mítico “Quebrapassos” e, logo em seguida, partir para a “Dança da Morte”. Já os itens finais podem ser tanto de dano quanto de tanks, sendo que isso deverá variar de acordo com cada partida.

Karthus

A taxa de vitórias do Karthus, desde que o patch 12.8 do League of Legends foi ao ar, tem aumentado. Nas runas, a principal escolha tem sido a “Colheita Sombria”, que ajuda o campeão a causar mais dano quando um inimigo está com pouca vida.

Karthus (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Na itemização, Karthus opta por itens similares aos vistos em magos tradicionais. O mítico a ser buscado deve ser a “Angústia de Liandry”, que deve ser seguida por uma “Chama Sombria” e “Capuz da Morte de Rabadon”. Caso esteja contra muitos tanks, opte pelo “Cajado do Vazio” como o terceiro item.

Melhores mid laners

No mid, algumas mudanças foram vistas, apesar que Ahri, desde seu rework, ainda continua se mostrando como uma das opções mais sólidas.

Anivia

A Anivia ainda conta com um early game não muito agradável devido a gastar muita mana, mas tem escalado bem durante as partidas causando bastante dano. A runa mais utilizada pelos jogadores tem sido a “Eletrocutar”, que é aplicada de forma bem fácil graças ao combo da campeã.

Anivia (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Nos itens, o mítico a ser buscado é o “Galacieterno”, que deve ter seu “caminho” interrompido apenas para a compra de uma lágrima da “Deusa”. Feito este item, os jogadores podem buscar mais itens de AP, mas que também concedem outros atributos para Anivia durar mais, como “Morellonomicon” e “Ampulheta de Zhonya”.

Ahri

Desde o seu rework, mesmo com um nerf e buffs em outros campeões, Ahri ainda continua a ser uma das melhores escolhas para a rota do meio. A runa mais escolhida segue sendo a “Eletrocutar”, que ajuda a campeã a explodir os adversários quando decide ir para cima.

Ahri (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico mais popular segue sendo o “Glacieterno”. Após ter fechado o mesmo, o recomendado é fazer o “Chama Sombria” e outros itens para aumentar seu “Poder de Habilidade”.

Vladimir

Apesar de ter recebido um buff para ser mais utilizado no topo, foi na rota do meio que o vampiro do League of Legends ganhou mais espaço chegando perto dos 53% da taxa de vitória. Assim como a Ahri e Anivia, a principal runa para Vladimir é a “Eletrocutar”.

Vladimir (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a itemização mais popular para o Vladimir envolve itens que lhe ajudam a se movimentar com mais facilidade e que dão vida. Comece pelo mítico “Explocinturão Hextech” e faça o “Ímpeto Cósmico”. Após ter fechado estes itens, basta fazer um “Capuz da Morte de Rabadon” e seguir o restante da build de acordo com a necessidade da partida.

Melhores atiradores

A bot lane não tem sofrido tantas mudanças como as vistas em outras rotas do League of Legends. Ainda assim, as novidades do patch 12.8 “enterraram” (momentaneamente) a Jinx do meta e trouxeram de volta um atirador que não estava tão popular assim.

Jhin

Por falar nisso, Jhin reaparece como uma boa opção para esta atualização. As recentes mudanças não só aumentaram o tempo de enraizamento de seu W, como diminuíram o período de carregamento de suas armadilhas. Isso tem resultado em uma win rate de 52,34% com o campeão na SoloQ.

Chuva de Lâminas é sim uma ótima opção de runa para Jhin, mas a preferência tem sido pela Colheita Sombria na primária e uma árvore secundária baseada em Feitiçaria.

Jhin (ADC) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Quanto à itemização, não há segredo: invista em uma Força do Vendaval, Canhão Fumegante, Coletora e Gume do Infinito para causar muito dano.

Lucian

O parceiro de Senna segue como uma boa opção na rota inferior de League of Legends. Seja com suportes de peel ou de engage, Lucian tem um early/mid game poderoso, o que pode complicar a vida do time adversário. Sua taxa de vitória de 52,31% é outra prova que o pick tem sido vantajoso.

Sobre as runas, Pressione o Ataque e uma árvore secundária baseada em Inspiração seguem como a melhor escolha para o atirador.

Runa Lucian, campeão do League of Legends

Imagem: Reprodução

Força do Vendaval pode te render um escape adicional durante as trocas e lutas, enquanto Colhedor de Essência, e o Gume do Infinito garantem o power spike do campeão mais cedo.

Twitch

Nem Miss Fortune, nem Ezreal. O último atirador da lista é o rato zaunita. Twitch não foi diretamente afetado por buffs ou mudanças do patch 12.8, mas ainda assim, está com uma ótima win rate de 52,81%. E, bem, seguir as métricas da SoloQ pode ser uma maneira para subir de elo.

E para isso, vale apostar em runas baseadas em Precisão e Dominação.

Runa Twitch - League of Legends

Imagem: Reprodução

A itemização dependerá do jogo: Mata-Cráquens para inimigos parrudos ou Força do Vendaval para evitar ser pego pelos oponentes. De resto, invista em Furacão de Runaan e Lembranças do Lorde Dominik.

Melhores suportes

Quem esperava por mudanças na rota de suporte, quebrou a cara. É certo que um protetor andarilho voltou a aparecer nos campos de League of Legends. Mas parece que enquanto a Riot não fizer uma alteração brusca, a lane continuará dominada por suportes de peel.

Soraka

E quando se fala em peel, se fala em Soraka. A campeã teve sua cura reduzida no patch 12.8? Sim. Isso fez com que o enfraquecimento fosse suficiente para ela desaparecer da SoloQ? Não. Pior: ela continua incrivelmente forte com uma taxa de vitória de 52,86%.

As runas são as mesmas: Determinação e Inspiração.

Runa Soraka - League of Legends

Imagem: Reprodução

A itemização também permanece igual: Regenerador de Pedra Lunar (mesmo com o recente nerf), Redenção, Turíbulo Ardente e qualquer outro item que cure ou ofereça buffs aos aliados.

Renata Glasc

Essa daqui é a prova de que a Riot acertou no desenvolvimento da campeã. Desde que foi lançada, ela permanece como um dos melhores picks para a rota inferior, especialmente pela sua utilidade e pelos 53,37% de taxa de vitórias nas filas ranqueadas.

Quem quiser se juntar ao grupo de vitoriosos jogando na pele de Renata Glasc pode optar pela runa preferida dos jogadores: Determinação e Dominação.

Runa Renata Glasc - League of Legends

Imagem: Reprodução

Quanto à build, vale investir em itens de utilidade, como Medalhão de Solari de Ferro, Putrificador Quimtec, Redenção e Turíbulo Ardente.

Bardo

Senna, Nami e Janna continuam fortes, mas vale destacar a ascensão de Bardo. O campeão recebeu alguns pequenos buffs no patch 12.8 de League of Legends e isso tem refletido em números: 51,95% de win rate. Com ele, é possível manter a função de peel, mas com uma ótima possibilidade de engage.

Suas runas são ligeiramente semelhantes às de Renata Glasc.

Bardo (Sup) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Mas quando se fala em build, a melhor escolha é optar por um Medalhão de Solari de Ferro como item mítico, seguido de uma Couraça do Defunto, um Putrificador Quimtec e uma Redenção.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.