Imagem: Riot Games

*Matéria produzida em parceria com Igor Shimabukuro

A tônica é a mesma de sempre: mais um patch chega ao League of Legends e mais uma vez o TecMasters sugere a lista de campeões mais forte da atualização. Na última quarta-feira (13), a Riot liberou o patch 12.7, trazendo algumas mudanças no meta do LoLzinho.

Quem está por fora pode conferir as novidades por meio deste link. Fato é que nerfs e buffs em campeões, além de mudanças em alguns itens, trouxeram mais opções para os campos de Summoner’s Rift. Em algumas lanes, no entanto, pouca coisa parece ter mudado — ao menos por ora.

Sempre bom lembrar que as sugestões abaixo não serão garantias de vitória nas filas ranqueadas de League of Legends — em outras palavras, não nos responsabilizaremos por eventuais derrotas. Mas ficar atento ao que está dando certo para maior parte da comunidade é um ótimo pontapé rumo ao triunfo.

Sem mais delongas, confira as principais sugestões (rota a rota) do TecMasters para se dar bem nesse novo patch do League of Legends.

Melhores Top Laners

Diversos campeões, incluindo alguns que estavam fora do meta, passaram por alterações no patch 12.7 do League of Legends. De forma geral, os campeões que estavam fortes seguem fortes, exceção feita ao Jayce, mas a lista de quem está dominando de verdade mudou.

Urgot

Após ter ficado um tempo esquecido, o ex-carrasco noxiano volta a ganhar espaço mesmo sem ter tido mudanças nos seus atributos e habilidades. A sua runa principal segue sendo “Pressione o Ataque”, que lhe ajuda a causar mais dano durante a fase de rotas.

Urgot (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a sua itemização pede itens com dano em área, que lhe ajudarão a limpar as tropas. Assim, comece com o “Quebracascos” para ganhar mais espaço nas sides, faça a “Manopla do Raio de Gelo” e uma “Hidra Titânica”. Após isto, cabe a você decidir se precisa de mais dano ou se deve durar mais nas lutas.

Quinn

Crescendo em popularidade e na taxa de vitórias, Quinn, que foi lançada como ADC (apesar das controvérsias), é uma campeã que tem dominado a rota do topo, com uma taxa de vitórias de quase 54%. A sua runa principal, devido a facilidade para bater de longe, é a “Pressione o Ataque”.

Quinn (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Os itens a serem comprados são praticamente o mesmo dos ADCs. Assim, como mítico opte pelo “Arco-escudo Imortal” ou “Força do Vendaval”. Então, parta para uma itemização de crítico, que pode ter “Gume do Infinito”, “Chuva de Canivete”, “A Coletora” e outros.

Fiora

Devido a escalonar muito bem para os confrontos 1v1, a Fiora, como uma boa duelista, voltou a ficar em evidência. A sua runa principal é a “Conquistador”, que a ajudará a recuperar mais vida durante uma luta ao conseguir acúmulos.

Fiora (Top) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já o item mítico favorito dos jogadores tem sido o “Ruptor Divino”, apesar do “Hemodrenário” se demonstrar eficiente. Os outros itens que não podem faltar na build são “Hidra Raivosa” e “Dança da morte”.

Melhores caçadores

Alguns caçadores receberam buffs neste último patch, mas não foram apenas eles que se destacaram.

Nocturne

Já faz algum tempo desde que os números do Nocturne estavam mostrando que o campeão estava viável, mas apenas no patch 12.7 do League of Legends é que sua taxa de vitórias excedeu a casa dos 53%. Apesar de ser mais “assassino”, o campeão tem se destacado quase que como um bruiser com a sua runa principal sendo o “Conquistador”.

Nocturne (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico a ser fechado pode ser tanto o “Quebrapassos” quanto o “Hemodrenário”. Após isso, faça uma “Dança da Morte”, um “Cutelo Negro” e uma “Mandíbula de Malmortius” ou “Anjo Guardião” ao depender do tipo de dano do inimigo.

Volibear

Mesmo com outros campeões ganhando espaço, o ursão do League of Legends continua com seu lugar garantido na lista com uma boa taxa de vitórias. A principal runa escolhida segue sendo “Pressione o Ataque”, que ajuda Volibear a causar mais dano logo ao engajar.

Volibear (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já a itemização envolve itens que concedem mais velocidade de movimento. Então, comece pelo mítico “Quimiotanque turbo” e faça itens como “Couraça do Defunto” e “Força da Natureza”.

Rengar

Após ter recebido quase um “mini rework”, Rengar tem ficado em uma boa situação na selva. A runa mais escolhida tem sido “Primeiro Ataque”, que ajuda o campeão a dar mais dano e ser recompensado com ouro.

Rengar (Jungle) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Já para explodir os adversários no League of Legends, Rengar tem usado itens de “Letalidade” e “Crítico”. Então, opte pelo item mítico “Eclipse” ou “Crepúsculo de Draktar” e faça “Colhedor de Essência” e “Coletora”. Para ficar mais resistente, a “Dança da Morte” combina bem com o kit do campeão.

Melhores mid laners

A rota do meio não passou grandes alterações nos itens e apenas um campeão começou a chamar atenção com sua taxa de vitórias, que não para de subir já faz um tempo.

Ahri

Desde que recebeu o rework, Ahri tem sido uma das escolhas mais sólidas para a rota do meio e isso não tem mudado. Para causar mais dano logo ao ir para cima, Ahri usa “Eletrocutar” como a sua principal runa.

Ahri (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O item mítico mais popular segue sendo o “Glacieterno”. Após ter fechado o mesmo, o recomendado é fazer o “Foco do Horizonte”, seguido de mais itens AP, como “Chama Sombria” e “Capuz da Morte de Rabadon”.

Akshan

Após ter sumido um pouco topo, Akshan tem sido uma opção bem viável no mid. A runa principal utilizada por ele, assim como de outros ADCs, é “Pressione o Ataque”, que combina muito bem com a sua passiva.

Akshan (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

O seu item mítico principal é o “Arco-Escudo Imortal”, que deve ser seguido de itens de acerto crítico ou de velocidade de ataque, como “Gume do Infinito”, “Lâmina da Fúria de Guinsoo” e “Lembranças do Lorde Dominik”.

Veigar

Enquanto o meta do League of Legends continuar com muitos campeões de mobilidade, a tendência é que Veigar siga sendo utilizado para atrapalhá-los com seu stun. Em questão de runa, “Predador” ainda tem sido a principal escolha, mas quem não tem o costume de andar tanto pelo mapa pode preferir o “Eletrocutar”.

Veigar (Mid) - League of Legends

Imagem: reprodução/TecMasters

Melhores atiradores

Com a recente mudança na Força do Vendaval, League of Legends passou a observar outras opções na bot lane. Zeri — nerfada —, Jinx ou mesmo Jhin continuam fortes, mas campeões com menos alcance e, em alguns casos, melee, têm ganhado força na rota inferior.

Vayne

A Vayne não é uma sugestão relativamente nova — ela já havia aparecido na lista do patch 12.6. Contudo, ela continua extremamente forte no 12.7, especialmente em jogos que se estendem para o late game. E contra fatos não há argumentos: a win rate da campeã está atualmente em 52,78%.

Não há mudanças consideráveis nas runas. O Ritmo Fatal tem sido preferência para a árvore primária e as runas secundárias baseadas em Determinação são as melhores opções após a remoção da Caça Voraz.

Runa Vayne - League of Legends

Imagem: Reprodução

O nerf no Arco-Escudo Imortal não o elimina como boa opção de item mítico, mas o Mata-Cráquens deve ser preferência caso houver tanks no time inimigo. Limite da Razão e Lâmina da Fúria de Guinsoo também devem ser considerados na build.

Samira

O enfraquecimento em itens de roubo de vida e a remoção da runa Caça Voraz não foram suficientes para impedir o crescimento de Samira. Atualmente, a campeã está com taxa de vitória de 52,1%, mas quem for picka-la na SoloQ deve estar ciente de que precisará de um suporte agressivo ao seu lado.

Sem segredos na hora das runas: Conquistador na primária e uma árvore secundária baseada em Dominação.

Samira runas League of Legends

Imagem: Reprodução

Por mais que estejam nerfados, os itens de roubo de vida caem como uma luva para Samira. E isso significa investir em um Arco-Escudo Imortal e uma Sedenta por Sangue. De resto, opte por uma Coletora e um Anjo Guardião para uma segunda chance na hora da fight.

Yasuo

Calma que você não se perdeu na lista: Yasuo está sim forte na bot lane de League of Legends. A chegada de atiradores de curto alcance para o meta ajudou, mas os buffs na vida base e tempo de recarga da ultimate foram essenciais para que ele aparecesse na bot lane.

Falando sobre as runas, a preferência tem sido pelo Ritmo Fatal e uma secundária baseada em Determinação.

Yasuo runas League of Legends

Imagem: Reprodução

Para as runas: Arco-Escudo Imortal ou Mata-Cráquens como item mítico, Gume do Infinito e, se couber na build, Dança da Morte ou um Anjo Guardião.

Melhores suportes

O começo de 2022 pode estar sendo péssimo para quem joga de suporte engage em League of Legends. Então Thresh e Leona estão fora do meta? Não. Mas campeões campeãs de peel e utilidade seguem dominando a rota inferior (ao menos na SoloQ) e não há muito sentindo em não usá-las.

Senna

Nada de novo sob o Sol: Senna continua entre as melhores opções na bot lane. Falta dano no time? Então picka ela que é sucesso. Ainda mais com o buff no item Glaive Sombria, que (spoiler) tem sido um ótimo item de start para a campeã.

Quanto às runas, vale optar por Invocar Aery e uma árvore primária baseada em Feitiçaria. Já a árvore secundária em dominação pode deixar Senna ligeiramente mais tanque, além de aumentar suas curas e escudos.

Senna runas League of Legends

Imagem: Reprodução

Se prepare para anotar a build mais utilizada: Eclipse de item mítico, seguido de Glaive Sombria, Manamune, Canhão Fumegante e Lembranças do Lorde Dominik.

Soraka

Quem reaparece como ótima sugestão para o patch 12.7 é a Sorakinha. Sua alta taxa de vitórias de 54,22% prova que nem sempre engajar é a melhor opção. Ela pode não ir tão bem com uma Samira ao seu lado, mas oferece o peel necessário para a Vayne acabar com o game.

As runas são as mesmas: Determinação e Inspiração.

Runa Soraka - League of Legends

Imagem: Reprodução

Quanto aos itens, também não há segredo: Regenerador de Pedra Lunar, Redenção, Turíbulo Ardente e qualquer outro item que cure ou ofereça buffs aos aliados.

Renata Glasc

A última das opções para a mais nova atualização de League of Legends é Renata Glasc. Ela pode não oferecer o Peel de Soraka ou o dano de Senna, mas seu kit de utilidades (com seu W e ultimate) é capaz de reverter até mesmo aquele “game impossível”.

Quem resolver se juntar ao grupo com 53,6% de win rate na bot lane deverá preparar uma runa baseada em Determinação e Dominação.

Runa Renata Glasc - League of Legends

Imagem: Reprodução

Sobre a itemização, opte por um Medalhão de Solari de Ferro como item mítico. Posteriormente, invista em um Putrificador Quimtec, Redenção e em um Turíbulo Ardente.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.