Em busca de reerguer a reputação atingida pelas acusações sobre os malefícios do Instagram à saúde dos adolescentes, o Facebook anunciou que vai introduzir um recurso de “pausa” para encorajar os mais jovens a interromperem o uso da rede social por um tempo. A novidade não tem data de lançamento marcada.

De acordo com a Reuters, a medida foi prometida pelo vice-presidente de Assuntos Globais do Facebook, Nick Clegg, com o intuito de reduzir o vício e outros comportamentos prejudiciais à saúde do Instagram aos adolescentes.

Além disso, o executivo afirmou que o Facebook deve afastar os jovens de materiais “inadequados ao bem-estar”. Embora detalhes dessa abordagem não tenham sido divulgados, Clegg sugeriu que o Facebook deve se responsabilizar pelos algoritmos, incluindo medidas de regulamentação “se necessário”.

Facebook e Instagram na mira

As medidas são anunciadas pouco tempo depois de uma onda de reportagens do tabloide americano The Wall Street Journal revelar que os próprios pesquisadores do Instagram “identificaram os efeitos nocivos” da plataforma para a saúde mental dos adolescentes. O algoritmo da rede social também é acusado de promover engajamentos dos usuários “a qualquer custo”.

Logo do Facebook, dono do Instagram, riscado

Queixas recentes aumentaram a lista de acusações contra o Facebook. Foto: Thought Catalog/Unsplash

Como consequência, a denunciante Frances Haugen entrou com pelo menos oito reclamações junto ao órgão financeiro dos Estados Unidos contra o Facebook, afirmando que a empresa “prefere o lucro à segurança”. Zuckerberg rebateu as acusações e disse que sua companhia se preocupa com a segurança, o bem-estar e a saúde mental das pessoas.

Na prática, isso não foi visto. Mesmo com as acusações contra o Instagram, o Facebook esteve perto de avançar com o seu projeto “Instagram Kids“, que só foi interrompido devido a críticas em massa de pais e especialistas. Ainda assim, a companhia disse que vai seguir desenvolvendo a ideia.

Resta saber se o novo recurso de pausa do Instagram será suficiente para mitigar os danos da rede social aos mais jovens e para “limpar” a reputação marcada pelas recentes acusações.

Fonte: Engadget

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *