Imagem; Vladimir Sukhachev/Shutterstock

O Google está com uma iniciativa que visa contribuir com o aumento no número de profissionais disponíveis dentro do mercado de trabalho da tecnologia. Dessa forma, a intenção da empresa é distribuir 500 mil bolsas de estudo para a formação de jovens em “áreas de atuação altamente demandadas”, como descreve a empresa.

Tais áreas englobam suporte de TI, análise de dados, gerenciamento de projetos e UX design.

Do total de bolsas, 2 mil serão exclusivas para pessoas transexuais. A expectativa da empresa é que a medida fomente também a inclusão social deste grupo no mercado de trabalho.

Sobre as bolsas de estudo em tecnologia

De acordo com o Google, a iniciativa abraça também jovens que não estão estudando. No entanto, os interessados precisam ter formação no ensino médio ou técnico como pré-requisito para a inscrição, além de ser maior de 18 anos.

“O processo de inscrição e seleção ocorrerá por meio do aplicativo do CIEE ONE e os escolhidos serão acompanhados por uma monitoria exclusiva, que os auxiliará a concluir as certificações”, explicou a empresa, em nota.

Os cursos desenvolvidos pelo Google para essa iniciativa estão hospedados na plataforma Coursera e, portanto, são 100% on-line. Ainda segundo explicação da empresa, são cerca de 800 horas de aulas, considerando as quatro titulações juntas.

Todas as áreas de conhecimento endereçadas terão certificação, “visando o preparo dos estudantes para ingresso em postos de trabalho no campo em constante crescimento profissional da tecnologia”, afirma a empresa.

Para 2022, a gigante da TI já liberou 30 mil bolsas. Os interessados podem se inscrever pela plataforma do CIEE.

Via: Agência Brasil e CIEE

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.