Foto: Caio/Pexels

O Google acaba de divulgar as primeiras atualizações de 2022 para o Chrome. Segundo a empresa, os updates foram responsáveis por corrigir 37 problemas de segurança – um deles recebeu classificação crítica de gravidade e pode ser explorado e garantir controle sobre o equipamento da vítima.

A falha, conhecida como CVE-2022-0096, está relacionada a um bug que, após liberação de armazenamento, abre portas para que os dados sejam corrompidos e, em um caso mais extremo, pode permitir a execução de um código malicioso na máquina.

O responsável por descobrir a falha foi o pesquisador de segurança Yangkang, conhecido por apontar vulnerabilidades em produtos da Apple. A descoberta ocorreu em 30 de novembro de 2021.

Mapa de falhas do Google

Vale a pena citar que, das 37 falhas, 24 foram apontadas por pesquisadores externos. O restante foi resultado do trabalho contínuo do Google de segurança interna.

Lista de falhas

Imagem: Reprodução

Desses 24 erros, 10 receberam classificação de risco alto, 10 foram apontados como médio e três de gravidade baixa.

Essas atualizações chegam após um ano conturbado para a gigante das buscas, em que 17 bugs de dia zero foram explorados ativamente por cibercriminosos.

Por conta desse risco, a empresa recomenda que os usuários baixem a versão mais recente do Google Chrome para que as correções sejam implementadas o mais rápido possível.

Via: The Hacker News

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.