A Samsung ainda não apresentou oficialmente o Galaxy S22, mas diversos rumores já apontam algumas características que podem ser esperadas do aparelho. Entretanto, o que realmente anda chamando atenção, principalmente dos gamers, é o fato do celular poder ser o primeiro smartphone a contar com suporte a tecnologia Ray Tracing.

Ainda neste ano, buscando melhorar seu chipset, a Samsung fez uma parceria com a AMD para poder utilizar suas soluções gráficas em celulares. Já nesta semana, na rede social Weibo, uma publicação que foi apagada, feita por Lisa Su, CEO da AMD, confirmou o suporte desta tecnologia no chip em que trabalha com a marca sul-coreana.

O Ray Tracing, a princípio, deve aparecer primeiro no Galaxy S22, um celular que terá o processador Exynos 2200 e contará com uma solução gráfica da AMD batizada de Pamir, que é baseada na arquitetura RDNA 2, a mesma presente nos consoles da nova geração.

Galaxy S22 pode não ter chip Exynos em todos países

Apesar do Ray Tracing poder estar perto de fazer sua aparição nos celulares, até o momento não existe nenhum jogo para Android (nem mesmo para iOS) que usufrua deste recurso. Assim, mesmo a tecnologia estando disponível, pode ser que leve um tempo até que os jogadores possam experimentá-la.

Além disso, outra questão que chama a atenção com a linha Galaxy S é que a Samsung tem o costume de deixar os processadores Exynos mais restritos a alguns países, como o Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, a marca geralmente opta por equipar seus aparelhos com processadores da Qualcomm.

Todas as informações ainda devem ser tratadas como rumores e o Galaxy S22 deve ter seus detalhes revelados, oficialmente pela Samsung, até o fim do ano.

Fonte: Wccftech

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *