Na última quinta-feira (09), aconteceu o The Game Awards, uma das premiações mais importantes da indústria dos videogames. Em meio a muitos anúncios e ganhadores, o evento ainda contou com alguns prêmios para os espectadores.

No entanto, antes de ser conhecido pela premiação atual, o jornalista Geoff Keighley era responsável pelo Video Game Awards, da Spike TV. Foi lá que, há dez anos, em 2011, “Fortnite” foi oficialmente anunciado pela Epic Games.

Na ocasião, a empresa era muito diferente do que é hoje. Atualmente, a companhia é uma das mais importantes da indústria e foi responsável por licenciar o motor gráfico Unreal Engine – muito utilizado por desenvolvedores.

Mas, na época, a Epic Games era conhecida apenas como o estúdio por trás de “Gears of War” e “Unreal Tournament”. Após o lançamento do terceiro game da franquia de Marcus Fenix, a empresa quis seguir por um caminho diferente – apesar de ajudar a People Can Fly no desenvolvimento de “Gears Judgement”. Foi aí que a ideia de “Fortnite” nasceu.

No vídeo, é possível ver que a essência de “Fortnite” está lá. O modo de sobrevivência em que ondas de monstros eram enfrentadas ao mesmo tempo em que a construção de estruturas deveria ser feita pode ser visto.

Porém, foi em 2017, com o lançamento do modo battle royale – inspirado em PUBG -, que o game começou a se popularizar e se tornou um dos maiores de todos os tempos.

Agora, cinco anos depois da chegada do modo battle royale, pouco se sabe sobre o modo de sobrevivência – embora ele ainda esteja disponível e seja jogado.

Porém, como resultado desses dez anos de “Fortnite”, a Epic Games, por meio da popularidade do jogo, conseguiu se tornar uma das companhias mais influentes atualmente. Isso se mostrou verdadeiro quando a Epic Games Store foi lançada como concorrente da Steam e as parcerias famosas que estão cada vez mais presentes no battle royale.

Vale lembrar que “Fortnite” é um jogo gratuito e está disponível para Android, PC, Nintendo Switch, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series S/X.

Via: Kotaku

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *