Imagem: divulgação

Certamente, um jogo esperado e que está dando o que falar. Aliás, o review completo de Evil Dead: The Game já está disponível aqui no TecMasters. Lançado na última sexta-feira (13), o jogo baseado na icônica saga de terror de Sam Raimi alcançou a marca de 500.000 cópias vendidas apenas nos primeiros cinco dias após o lançamento.

Disponível para PlayStation 5, PS4, Xbos Series X, Xbox One e PC, Evil Dead: The Game só não foi lançado ainda para Switch, mas também não há qualquer confirmação de que o jogo está em desenvolvimento para a plataforma da Nintendo.

Evil Dead: The Game

Responsável por projetar nomes como Bruce Campbell e Sam Raimi ao estrelato, a trilogia de filmes Evil Dead ganhou o status de cult entre os adoradores de cinema. Desde então, a série ganhou um programa de TV que trouxe personagens icônicos de volta e agora tem um game.

Evil Dead: The Game, produzido pela Saber Interactive e pelo Boss Team Games, traz um gênero em alta nos últimos anos — o multiplayer 4v1 —, mas com um brilho próprio.

Quando foi anunciado, muitas pessoas logo o associaram ao famoso Dead by Daylight, já que o objetivo são quatro sobreviventes fugindo de um assassino. No entanto, já adianto que o título não tem nada a ver com o game da Behaviour (do qual também sou muito fã).

A história de Evil Dead: The Game

Evil Dead: The Game

Imagem: TecMasters

Evil Dead: The Game, por se tratar de um título majoritariamente multiplayer, não segue muito uma história fixa. Ele usa todos os elementos trazidos pelos filmes — como a Adaga Candariana, demônios e o Necronomicon —, mas não tem uma linha narrativa fixa.

Isso não teria muito sentido já que as partidas são aleatórias, com personagens diferentes e demônios dos três filmes. Portanto, a falta de uma estrutura narrativa linear não tira a diversão do game – que é bastante divertido.

O que chega mais perto de uma experiência single player são as missões “offline” – você deve ter reparado nas aspas, falarei sobre elas mais à frente. Nelas, os jogadores podem assumir o controle de Ash em diferentes momentos para realizar tarefas específicas e, claro, enfrentar muitos monstros.

Evil Dead: The Game

Imagem: TecMasters

Ao fim de cada um dos segmentos — são seis por enquanto —, o jogador ganha recompensas sejam elas gravações que complementam acontecimentos dos filmes, ou até personagens para serem usados nas partidas online.

Agora vem a primeira crítica: apesar de serem missões solo, elas não são offline. Isso significa que mesmo que o jogador queira jogá-las, é necessário que o console esteja conectado à Internet — e que os servidores estejam funcionando.

Evil Dead: The Game

Imagem: TecMasters

Obviamente, isso pode ser corrigido com uma atualização, mas é bastante difícil de entender como a empresa pensou em algo assim, principalmente porque instabilidades podem ocorrer — e de fato ocorreram neste final de semana de lançamento, o que tornou o título injogável por breves momentos.

Confira aqui o review completo do jogo.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.