Se tem uma coisa que os audiófilos gostam é de um equipamento, acessório ou adereço que traga ainda mais fidelidade sonora na hora de escutar músicas. Por isso, não é de se espantar que um SSD voltado especificamente para esse público esteja fazendo sucesso nos sites de discussão dedicados ao segmento.

A promessa do componente é utilizar uma série de tecnologias únicas para entregar sons mais limpos e encorpados, bloqueando boa parte das interferências e ruídos comuns originados de outras peças do PC.

SSD para audiófilos

Revelado pela primeira vez em abril deste ano no fórum Audiophile Style, o Revelation Audio SSD é um drive flash NVMe M2 de 1 TB – que, por conta de um mecanismo de redundância, só oferece 333 GB para uso – desenvolvido pela fabricante taiwanesa Zzyzx, especializada em produtos para os aficionados por áudio.

Na postagem inicial sobre o produto, há uma infinidade de dados que, supostamente, tornam o hardware um objeto cobiçado para qualquer audiófilo, especialmente aqueles com máquinas, fones e até sistemas operacionais voltados para um som cristalino.

SSD audiófilos

Imagem: Zzyzx

Segundo o representante da empresa, o SSD é fruto de um ano intenso de desenvolvimento e foca em cada detalhe para oferecer a melhor experiência sonora, desde uma maior superfície de aterramento, conectores banhados a ouro, alimentação de energia externa maior isolamento de componentes e muito mais.

O grande destaque, no entanto, ficaria por conta de uma tecnologia chamado modo pseudo SLC, que traz ao som “uma sensação natural especial, mais suave e calma, com espessura ligeiramente aumentada e, no geral, mais resistente à audição, mas ainda um pouco seco”.

Se você não entendeu absolutamente nada dessa descrição ou achou que era algo relacionado a vinhos, sem problemas: estamos no mesmo barco. Porém, o funcionário da Zzyzx diz que “tudo isso resulta em um áudio verdadeiramente tridimensional, parecido com vinil e com dinâmica sono incomparável a qualquer outro SSD”.

Pode ser que sim, pode ser que não…

Em uma reportagem do Tom’s Hardware sobre o assunto e, em seguida, em um artigo do TechSpot, os sites voltados a hardware e tecnologia colocam em xeque as afirmações da fabricante, questionando se não seria apenas um golpe com um SSD convencional para cima de quem aceita pagar mais por algo diferenciado.

A questão é justa, uma vez que o Revelation Audio SSD não número de leitura e escrita de arquivos comparáveis a componentes de mesmo tamanho para o consumidor comum, mas custando muito mais caro: US$ 800 – quase R$ 4,6 mil, em conversão direta para o real.

O problema é que a postagem original sobre o produto – que é no que se baseiam as matérias – é de abril e, desde então, dezenas de usuários do fórum já receberam para testes ou compraram o equipamento e juram que ele oferece uma qualidade melhor de áudio do que qualquer outro armazenamento que eles já tiveram.

SSD audiófilo

Imagem: Audiophile Style

Estamos falando de algo completamente subjetivo e que pode variar das preferências e ferramentas de cada pessoa? Com certeza. No entanto, também estamos lidando com um público altamente especializado e dedicado ao tema, que ajusta os mínimos detalhes para ter uma experiência de áudio suprema.

O pior é que, no momento, nem dá para colocar tudo isso à prova, uma vez que o Revelation Audio SSD é produzido em quantidades limitadíssimas e está esgotado nesse momento. Que pena.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *