Imagem: Shutterstock

Há quem diga o contrário, mas é inegável que os emojis se tornaram parte importante da comunicação mundial. Eles são usados para expressar sentimentos, ideias ou até fazer graça com quem se gosta. Dada relevância, neste domingo (17), é comemorado o Dia Mundial do Emoji – e não é para menos.

Mais do que nunca, os “rostinhos” estão se tornando cada vez mais importantes na comunicação. No entanto, nem sempre foi assim. Você sabe como os emojis surgiram e por qual motivo se tornaram tão importantes? O TecMasters foi atrás dessa história e conta em detalhes como a tendência se popularizou e qual sua verdadeira origem.

Origem dos emoticon

Antes de mais nada, devemos falar sobre a etimologia da palavra emoticon, os precedentes do emoji. Trata-se da junção de dois termos em inglês: emotion e icon (emoção e ícone, respectivamente).

Apesar dos emoticons terem começado a se popularizar na época do SMS, em que sinais de pontuação eram usados para criar os símbolos, a origem dessa ideia é muito mais antiga.

Sinais que demonstram sentimentos foram vistos pela primeira vez em 1857. Foi nesse ano que o número 73 em código Morse foi usado para expressar “amor e beijos”. No entanto, um tempo depois, a expressão do número foi mudada para “best regards”, algo mais formal.

Alguns anos mais tarde, já em 1881, a revista Puck publicou o que se tornaria o primeiro conjunto de emoticons oficial. Todos feitos com pontuações comuns.

Emoticon

Imagem: Puck

Porém, foi apenas em 1963 que as mudanças nesses símbolos pautaram a forma como os conhecemos hoje. Isso porque, no ano citado, o designer Harvey Ball criou o Smiley, considerado o “primeiro emoji” – e também o mais famoso.

Na ocasião, o design foi feito para uma empresa Massachusetts que decidiu criar uma campanha para incentivar seus funcionários a serem mais sorridentes com os clientes.

Smiley

Imagem: Unsplash

Mas a popularidade veio mesmo em 1970, quando dois irmãos, Murray e Bernard Spain, usaram a imagem criada por Ball para estampar camisetas, canecas e outros itens. Junto da frase “Tenha um bom dia”, o rosto se tornou um grande sucesso.

Surgimento do Emoji

Mas foi anos depois, na década de 1990, que os emojis surgiram. A palavra é resultado da junção de dois termos japoneses: “e”, de “imagem”; e “moji”, de “personagem”.

O criador aqui foi Shigetaka Kurita, que trabalhava para a NTT DoComo. Em 1995, a empresa telefônica disponibilizou um emoji de coração como forma de tentar atrair o público adolescente para comprar seus aparelhos.

Criador do Emoji

Imagem: Reprodução

No entanto, pouco tempo depois, a ideia foi descartada porque a companhia queria coisas mais “adultas” para sua marca.

Foi então que Kurita começou a desenvolver um projeto que oferecia serviços de previsão do tempo, notícias e outras informações relevantes direto na tela do celular.

Porém, ele percebeu que as informações eram difíceis de serem transmitidas sem imagens, principalmente no caso das previsões do tempo. Foi por conta disso que a DoComo resolveu retornar a ideia dos emojis e lançar um primeiro pacote com 176 imagens.

Emojis originais

Imagem: Reprodução

Obviamente, por conta do sucesso das imagens que representavam as emoções humanas, diversas outras companhias adotaram a ideia e popularizaram os emojis no Japão. Mas, para o resto do mundo, isso demorou um pouco mais para acontecer.

Emojis pelo mundo

Emoji

Imagem: Unsplash

É possível perceber que há diversos emojis de comidas orientais, o que revela bastante sobre sua origem. Porém, para o ocidente, foi a Apple a responsável pela popularização do conceito.

Isso porque, quando o primeiro iPhone foi lançado no Japão, ele não possuía suporte para emojis, o que fez com que o aparelho fosse rejeitado pelo mercado japonês. Por conta disso, a empresa teve de adicionar suporte à tendência a partir do iOS 2.

Emoji iOS 2

Imagem: Reprodução/Apple

Porém, foi só com o lançamento do iPhone 4 que a novidade ficou disponível para todos os usuários do mundo. Foi por conta desse enorme sucesso que empresas como Google e Microsoft implementaram os emojis em seus próprios sistemas operacionais móveis.

Mudanças nos emojis ao longo dos anos

Emojis

Imagem: Reprodução

Apesar de terem surgido na década de 1990, foi só em 2010 que os emojis começaram a fazer parte do Unicode, um conjunto de caracteres único, que é “lido” por diversos dispositivos no mundo todo e garantem que tudo estará no mesmo padrão.

Por conta disso, e desde então, o Unicode é atualizado constantemente com diversas mudanças nos emojis. As atualizações acontecem conforme novos símbolos são inseridos ou modificados, para retratar melhor a sociedade.

No histórico, há registros de mudanças por polêmicas, como é o caso das armas, ou por mudanças no mundo, como diversas configurações de família.

Evolução emoji

Imagem: Reprodução

De qualquer forma, assim como a nossa língua, os emojis são plurais e mutáveis, estando sujeitos a muitas mudanças conforme nossa sociedade se altera. Talvez seja justamente por isso que ainda são muito usados, já que conseguem representar as emoções humanas.

Confira aqui TODOS os emojis disponíveis na Emojipedia.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.