Git gud“, uma gíria para “fique bom”, é a resposta quase que imediata quando alguém reclama na internet de um jogo difícil. Porém, para David Jaffe, que criou a franquia God of War, essa guinada do mercado de games para títulos cada vez mais difíceis é algo irritante.

A crítica do criador de God of War

Sem papas na língua, o veterano da indústria de jogos foi ao Twitter para reclamar desse cenário em que a dificuldade é glorificada pelos desenvolvedores e, muitas vezes, empurrada para cima dos jogadores.

Kena, Metroid, Returnal; todos eles lideram a marcha rumo a games super difíceis”, disparou Jaffe. “Talvez seja a geração Nintendinho aflorando como designers, mas eu odeio isso. E não é algo de idade, eu nunca gostei [desse estilo de jogo]”.

Para ele, essa trajetória em busca de dificuldade está numa curva ascendente e pode espantar jogadores em vez de conquistá-los. Não é raro que você encontre pessoas que experimentaram um soulslike e nunca mais encostaram em um título similar, por exemplo.

Por outro lado, existe uma parcela dos gamers que realmente busca desafios cada vez maiores para suas sessões de jogatina, migrando para roguelikes e outras produções brutais. Será que o mercado precisa ser mais convidativo como espera o criador de God of War ou há espaço para todos?

Fonte: Eurogamer

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *