Imagem: Divulgação

Há uma relação de amor e ódio entre o cinema e os videogames. Adaptações cinematográficas de jogos quase nunca dão certo, deixando sempre um gosto amargo para aqueles que acreditaram no projeto.

Em alguns casos, o movimento contrário chega a funcionar relativamente bem, com alguns títulos sendo bastante interessantes – e que foram listados pelo TecMasters recentemente.

Voltando aos que não deram certo, abaixo é possível conferir cinco games baseados em filmes que fracassaram entre o público e a crítica. Vale lembrar que a lista foi criada com base em informações coletadas no Metacritic, responsável por compilar esses dados.

Dragon Ball: Evolution – 28/100 (PSP)

Com uma das piores notas já vistas em um game, o jogo baseado no filme de mesmo nome foi lançado para PSP e contava com algumas mecânicas de luta bastante sofríveis, o que tornou a nota bastante justificável.

007 Legends – 26/100 (PC, PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U)

É difícil acreditar que uma franquia tão bem-sucedida – e com games muito bons -, possa apresentar “Legends”. O título não é inspirado em nenhum filme específico, mas conta com segmentos de grandes sucessos do agente, como “Licença para Matar”, “Um Novo Dia Para Morrer” e “007 contra o Foguete da Morte”.

Gráficos ruins e jogabilidade desbalanceada fizeram do título o último jogo do espião lançado para console até então.

R.I.P.D. The Game – 26/100 (PC, PlayStation 3 e Xbox 360)

Baseado no filme estrelado por Ryan Reynolds e Jeff Bridges – que não fez tanto sucesso entre a crítica especializada -, um game foi lançado e parece seguir o mesmo caminho do filme. De acordo com a nota do Metacritic, os jogadores não devem esperar muito do título.

Charlie’s Angels – 23/100 (GameCube e PlayStation 2)

Grande parte das críticas aqui vai para sua física e gráficos sofríveis. Quando foi lançado, em 2003, o título foi considerado um dos piores games já feitos – e isso parece ser citado até hoje.

Rambo: The Video Game – 23/100 (PC, PlayStation 3 e Xbox 360)

A franquia de filmes Rambo pode não ser o que há de melhor na história do cinema. No entanto, seus filmes, se bem explorados, poderiam render jogos de tiro bastante interessantes. Porém, esse não foi o caso com “Rambo: The Video Game”.

Considerado o pior jogo de todos os tempos, o título apresenta mecânicas básicas e repetitivas ao mesmo tempo em que o jogador não controla o personagem diretamente, a movimentação é automática. A ideia é, literalmente, só mirar e atirar.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.