O fim da escassez mundial de semicondutores pode estar um pouco mais próximo do que se imaginava depois da divulgação dos últimos resultados da produção de chips na China.

Segundo o jornal South China Morning Post, a produção de circuitos integrados atingiu a marca de 31,6 bilhões de unidades no mês de julho; um aumento de 41,3% ano a ano e novo recorde mensal.

O resultado é um suspiro para a indústria que tem sofrido tanto ultimamente com a falta de chips disponíveis no mercado. Na China, por exemplo, a escassez de semicondutores já resulta em uma queda de 15,8% na produção de automóveis.

Luz no fim do túnel: China retoma produção de chips com recorde em julho

China a todo vapor

A demanda cada vez maior em todo o mercado fez com que os fabricantes ligassem o modo turbo para disponibilizar capacidade de produção – o que não é tarefa fácil por uma série de fatores internos e externos, como a tal “lista negra” do governo norte-americano de muitos fabricantes chineses.

A China já produziu 203,6 bilhões de chips até o momento este ano – aumento de 47,3% em comparação com o período anterior.

A maioria desses chips pode ser configurada para ser usada em praticamente tudo, de veículos a smartphones. É exatamente esse aumento considerável da produção chinesa que traz uma esperança de dias melhores depois da crise do último ano.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *