Imagem: Onur Binay on Unsplash

Enquanto eu, você e o mundo todo anda com dificuldade de encontrar uma placa de vídeo para chamar de nossa, as autoridades chinesas colocaram as mãos em quase 6 mil GPUs da AMD – mas por um péssimo motivo.

Segundo informações publicadas pelo órgão de importação chinês nas redes sociais, cerca de 5.840 unidades de placas da família RX 6000 foram confiscadas após apresentarem rótulos e descrições que não correspondiam ao produto real.

Menos GPUs da AMD no mercado…

O caso aconteceu na última sexta (11), no porto de Huanggang, e foi fruto de uma inspeção conjunta que detectou que algumas amostras da remessa estavam com uma etiqueta que parecia sobreposta a outra, que continha informações reais sobre o hardware.

As GPUs da AMD em questão seriam, na verdade, um modelo gamer da Radeon RX 6700 XT. Quando todo o conteúdo do contêiner foi analisado, percebeu-se que todas as placas sofriam com esse tipo de alteração e destoavam da documentação do componente.

AMD GPU

Imagem: Weibo

Estima-se que a carga possa valer US$ 3,14 milhões de acordo com o preço oficial do produto. Considerando que as placas de vídeo top de linha da AMD e da Nvidia seguem com alta demanda, baixa oferta e preço nas alturas, não é de se estranhar que o lote confiscado possa valer muito mais do que isso.

Não se sabe se o importador agiu de má-fé ou se houve algum erro na nota ou no adesivamento das GPUs, mas o mais provável é que, caso não haja nenhum progresso aduaneiro, os produtos acabem indo para leilão na China – por uma fração de seu valor original.

Via: Windows Central

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.