Os mais novos provavelmente não devem sequer conhecer a fatídica história do “bug do milênio”. Na virada de 1999 para o ano 2000, um medo generalizado dizia que se os computadores da época não entendessem a mudança, poderia acontecer uma pane geral em uma infinidade de sistemas e serviços – tudo porque as máquinas interpretavam os anos com apenas dois dígitos. Felizmente, nada grave ou realmente impactante aconteceu na época.

Curioso é que agora, mais precisamente no dia 24 de outubro de 2021, um bug no sistema GPS pode forçar alguns sistemas de cronometragem a fazer uma “viagem no tempo” até março de 2002 e, assim, travar uma série de máquinas e serviços online.

Entenda o problema. Hoje, tudo o que faz a internet funcionar – redes, segurança, identificação – depende de um cronograma preciso. O GPS é usado para determinar a hora exata; assim, se o problema não for rapidamente corrigido, vai forçar uma série de sistema a “viajar no tempo” e, consequentemente, travar…

O tempo na Terra

Como o tempo na Terra não é absoluto, uma vez que a rotação do planeta varia de acordo com eventos geológicos, o Serviço Internacional de Sistemas de Referência e Rotação da Terra (IERS) rastreia as mudanças e, a cada poucos anos, adiciona um segundo bissexto ao ano. Isso é feito para o Tempo Universal Coordenado (UTC), o sistema de tempo padrão universal. O UTC é usado pelo Network Time Protocol (NTP) da internet. Por sua vez, o NTP é usado para manter todos os dispositivos conectados à internet em sincronia uns com os outros.

Assim, para saber a hora exata, o NTP é sincronizado com os serviços de horário via satélite, rádio ou modem – atualmente, a maioria usa o GPS para isso.

tempo GPS

Imagem: Aron Visuals / Unsplash

O novo bug do milênio?

Recentemente, foi descoberto que um bug no código de verificação de integridade do rollback de tempo (também conhecido como “GPS Week Rollover”) programado para novembro de 2038 será acionado neste domingo e fará com que 1.024 seja subtraído do número da semana de 24 de outubro de 2021. Em outras palavras, muitos computadores farão uma visita rápida e precisa a março de 2002. E, sim, segundo especialistas, isso pode ser um problema grave para inúmeros sistemas conectados.

Fonte: ZDNet

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *