Na última segunda (10), a Apple reafirmou o sucesso de sua App Store compartilhando alguns dados impressionantes da plataforma. O destaque fica para o fato de os desenvolvedores com aplicativos na loja já terem ganhado mais de US$ 260 bilhões com seus produtos por lá.

Outro número interessante é que, hoje, a plataforma conta com mais de 745 milhões de assinaturas pagas, incluindo desde serviços da própria Apple – como Apple TV+, Arcade e outros – até soluções de terceiros.

Dinheiro de monte na App Store

Apesar de esse valor ter sido divulgado apenas esta semana, ele diz respeito a um levantamento feito pela Empresa da Maçã em outubro do ano passado. Além disso, a contagem leva em consideração todos os ganhos obtidos pelos devs desde a estreia da App Store, no longínquo ano de 2008.

Como esperado, no entanto, os ganhos só se intensificaram mais recentemente, possivelmente graças a uma mudança no comportamento do consumidor e ampliação da base de usuários mobile. Somente em 2021, estima-se que os desenvolvedores tenham recebido cerca de US$ 60 bilhões em pagamentos via App Store.

App Store

Imagem: Sara Kurfeß on Unsplash

Apesar disso, nem todo mundo parece contente com essa história. O principal motivo é a taxa de 30% que a Apple abocanha de cada transação feita em sua loja. Isso significa que, na prática, os devs deixaram de ganhar mais de US$ 111 bilhões com suas operações na plataforma da Maçã.

É justamente esse “pedágio” cobrado pela companhia de Tim Cook que levou a Epic Games a engatar uma das maiores batalhas judiciais da história da tecnologia contra a Apple, uma novela que retirou Fortnite da plataforma e ainda está bem longe de terminar.

Fonte: The Verge

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *