Imagem: JHVEPhoto/shutterstock.com

No começo desta semana foi descoberto que o driver de placas de vídeo da AMD estava mudando uma configuração não solicitada nos computadores, sendo isso um overclock nos processadores. Agora, a própria empresa admite oficialmente que está com um problema em seu software.

Em contato com o site Tom’s Hardware, um representante da AMD, afirmou que um problema em seu software está fazendo com que configurações do processador sejam alteradas. O representante também disse que a marca está investigando o caso e que mais informações devem ser divulgadas em breve.

A AMD, em 2021, vale lembrar, adicionou um recurso em seu driver de vídeo para permitir que o overclock de processadores fossem feitos de forma automática e mais simples para os usuários. Já um dos problemas em questão nesse caso é que o driver pode estar alterando configurações realizadas na BIOS do computador.

Assim, por exemplo, configurações referentes a voltagens e a frequências feitas manualmente podem não estar sendo respeitadas.

Existe solução temporária para problema da AMD

Enquanto uma correção oficial não é disponibilizada, alguns usuários estão utilizando o programa Radeon Software Slimmer para remover o “Ryzen Master SDK” de seu driver de vídeo.

Ao fazer isso, em teoria, o driver de vídeo volta a perder a capacidade de fazer o overclock nos processadores da AMD. Entretanto, por se tratar de uma solução não oficial, a mesma não pode ser recomendada e os riscos ficam por conta do próprio usuário. Os processadores da marca, vale lembrar, contam com proteções para não sofrerem danos devido a problemas, como por conta de temperaturas elevadas.

Fonte: Tom’s Hardware

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.