Imagem: Shutterstock

Anunciado antecipadamente em algumas capitais brasileiras, o 5G ‘puro’ chegou a São Paulo nesta quinta-feira (4). Junto com a tecnologia, surgiram inúmeras dúvidas dos usuários. O TecMasters conversou com um engenheiro especialista na tecnologia de banda larga móvel de quinta geração para esclarecer algumas delas.

Uma coisa é certa: o 5G é realmente muito mais rápido do que o atual 4G. Nos primeiros testes realizados pela nossa equipe na manhã desta quinta, as velocidades de download ultrapassaram os 600 megabits por segundo – o que é muito mais rápido do que a maioria das conexões domésticas.

5G em São Paulo

Teste do 5G em São Paulo – Imagem: Luiz Nogueira / TecMasters

Vamos às dúvidas?! Quem nos ajudou nas respostas foi o engenheiro Paulo Henrique Souza Oliveira, gerente de operações da Metrotel, uma empresa multinacional especializada em testes de desempenho de redes móveis que atua em 15 países prestando serviços para as operadoras de telecomunicações e seus fornecedores de equipamentos de rede.

O 5G entra automaticamente no meu celular?

Depende! Se seu aparelho estiver habilitado para a tecnologia e sua operadora já estiver oferecendo o serviço na sua região, sim, o 5G pode ser habilitado automaticamente no seu dispositivo.

Preciso trocar de chip para usar o 5G?

Não! Assim como aconteceu do 3G para o 4G, a mudança é automática. Os atuais SIM cards (chips) oferecidos pelas operadoras já estão habilitados para operar em 5G. Claro, para isso, além, do chip é necessário também um telefone compatível com a tecnologia.

SIM card chip 5G Brasil

Imagem: Shutterstock

Todo aparelho 5G funciona no 5G ‘puro’?

Não, nem todo celular 5G funciona no 5G ‘puro’! Este é um ponto que requer muita atenção. Desde 2020, as operadoras já oferecem o 5G DDS, um serviço de espectro compartilhado. O que isso significa? A rede inicial usa a mesma infraestrutura da rede atual 4G, porém em uma frequência diferente. A velocidade é maior, a latência menor, mas ainda não é a mesma experiência do 5G ‘puro’ (ou standalone – SA).

Assim, alguns celulares lançados há mais tempo, ainda que estejam habilitados para operar neste 5G DDS, eles não funcionam no 5G inaugurado recentemente no Brasil.

5G Brasil

Imagem: Shutterstock

O 5G vai acabar com meu plano de dados?

Possivelmente! Mas isso não é questão da tecnologia em si, mas do comportamento do usuário. Se você continuar usando as mesmas aplicações e não mudar o consumo radicalmente do seu plano de dados, nada vai mudar além da incrível velocidade até 10 vezes maior do 5G em relação ao 4G.

Mas a partir do momento que tudo será executado muito mais rápido na palma da sua mão, pode ser que isso dê certa empolgação do tipo: “se é tão rápido, posso fazer muito mais”. É verdade, mas isso certamente vai acabar com seu plano de dados muito mais rápido também.

Atualmente, muitas pessoas optam por usar certos tipos de serviço apenas quando estão conectadas a uma rede Wi-Fi exatamente para economizar dados. Como o 5G promete ser melhor do que muita rede doméstica – e provavelmente muito mais rápido que o Wi-Fi da sua casa ou empresa também – pode ser natural usar a conexão celular para baixar filmes, jogar online, consumir streaming, etc. Aí, sim, o 5G vai acabar rapidamente com seu plano de dados, mas a culpa será inteiramente sua… fique esperto.

iPhone 5G

Imagem: James Yarema / Unsplash

Dá para desligar o 5G?

Se você não quiser correr o risco de esgotar seus gigabytes em um dia, enquanto as operadoras não ofertam pacotes maiores específicos para a rede de quinta geração, é possível optar por desligar o 5G no seu celular. Seja no iOS, do iPhone, ou no Android, é possível escolher sua rede preferida dentro do menu de configurações de rede.

5G iPhone

Imagem: reprodução / TecMasters

Sobraram dúvidas? Deixe as suas nos comentários, a equipe TecMasters está acompanhando a chegada do 5G bem de perto e vai trazer mais respostas e explicações em breve.

Comentários

0

Please give us your valuable comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.